DSpace
 

Repositório da UTAD >


FAQ's

Informações Gerais

1 - O que é a Política de Acesso Aberto da FCT?

 

Publicações sujeitas à Política de Acesso Aberto

2 - A que universo de publicações se aplica a Política?

3 - Qual o tipo de documentos objeto de aplicação da Política?

4 - Efetuei uma publicação de tipo diferente das que são aqui mencionadas. Esta publicação também está sujeita às condições previstas na Política de Acesso Aberto da FCT?

5 - A Política de Acesso Aberto aplica-se a trabalhos de natureza criativa que são publicados em meios de publicação académicos?

6 - Aos trabalhos (artigos de análise, editoriais, artigos de opinião, etc.) publicados em meios não-académicos, como jornais ou revistas generalistas, também se aplica a Política de Acesso Aberto?

 

Âmbito temporal da Política

7 - Qual o âmbito temporal de aplicação da Política?

 

Condições gerais de cumprimento da política

8 - O que fazer para cumprir com a Política?

 

Depósito (auto-arquivo) de publicações em repositórios do RCAAP

9 - Onde é que os investigadores depositam as suas publicações?

10 - Quem é responsável pelo depósito da publicação num repositório integrante da rede RCAAP?

11 - E a quem cabe essa responsabilidade caso a publicação tenha sido efetuada em coautoria?

12 - A minha instituição de origem não tem um repositório próprio. Estou ou não em condições de cumprir com a Política de Acesso Aberto? Como devo proceder?

13 - Porque é que só posso efetuar o depósito num repositório do RCAAP? Não estarei a cumprir com a Política de Acesso Aberto se já estiver efetuado o depósito num outro repositório (por exemplo, de natureza disciplinar), ou se tiver publicado o artigo numa revista de Acesso Aberto?

14 - O facto de eu depositar a minha publicação num repositório não constitui uma forma de pré-publicação?

15 - Qual a versão do documento que deve ser depositada?

 

Datas de aceitação e de publicações, de depósito e questões relacionadas com os embargos

16 - Quando é que as publicações devem ser depositadas?

17 - O que é um embargo ao acesso ao conteúdo de uma publicação?

18 - O que deve ser considerado como a data de publicação formal ou o momento de aceitação para publicação? E o que são e no que diferem a versão final do autor da versão do editor

19 - Algumas revistas e conferências publicam trabalhos, por vezes referenciados apenas como "submitted" (submetidos para publicação), sem que haja revisão por pares, sugestão de modificações de conteúdo por parte do editor, revisão ortográfica ou composição tipográfica. Nestes casos, o que é considerado como data de aceitação para publicação?

20 - Quais os elementos a incluir no registo, no momento do depósito da publicação no repositório?

21 - Por que razão é que, como previsto na Política de Acesso Aberto, os metadados da publicação devem ficar disponíveis no momento do depósito da mesma, assim como a indicação do período de embargo a que está sujeita o seu conteúdo?

22 - Que publicações podem ter períodos de embargo e qual a duração prevista na Política para os mesmos?

23 - A partir de que momento é que se deve efetuar a contagem do período de embargo?

24 - Que dados devem ser referenciados no registo dos documentos embargados?

25 - Quando é que os documentos embargados ficam disponíveis em acesso aberto?

 

Publicação em Acesso Aberto Dourado e custos de processamento de publicações

26 - Podem ser elegíveis para financiamento os custos de processamento das publicações resultantes de projetos de I&D financiados pela FCT?

27 - Se o trabalho for publicado diretamente num meio de publicação em Acesso Aberto, como as revistas científicas de Acesso Aberto (muitas vezes conhecidas como revistas de Gold Open Acess), continua a ser necessário o depósito de uma cópia da publicação num repositório integrante da rede RCAAP?

 

Licenciamento de publicações em Acesso Aberto Dourado e Direitos de Autor

28 - Porque é que só são elegíveis custos com publicações que são editadas em Acesso Aberto Dourado através de uma licença CC-BY e não através de outro tipo de licenças, como a CC-BY-NC ou a CC-BY-ND?

29 - Como se define uma licença equivalente à CC-BY?

30 - Se eu publicar um livro que licenciei através de uma licença CC-BY, é-me permitido (ou à minha editora) vendê-lo e/ou comercializá-lo?

31 - Se eu incluir no meu trabalho material que esteja protegido ao abrigo de direitos de autores de terceiros, como excertos de textos ou imagens, poderei publicar em Acesso Aberto? E poderei aplicar a esse meu trabalho uma licença CC-BY?

32 - O Acesso Aberto facilita o plágio? E as licenças Creative Commons não encorajam o plágio?

 

Opções de cumprimento da Política de Acesso Aberto, consequências por incumprimento, procedimentos de reporte e monitorização

33 - O período de embargo admitido pela revista onde pretendo publicar não é compatível com os períodos previstos na Política. A mesma revista possibilita a publicação em AA mediante o pagamento de CPP No entanto, esse custo é elevado e não pretendo gastar fundos do projeto de investigação para esse efeito. Para efeitos de cumprimento da Política sou obrigado a optar por esta via e pagar os CPP para publicar em AA? Que consequências terei se não fizer?

34 - Como devo proceder para declarar as publicações depositadas para efeitos de reporte científico junto da FCT ?

35 - Como devo proceder para solicitar, junto da FCT, o reembolso de custos por publicações efetuadas em AA Dourado?

36 - Como devo proceder para declarar custos com publicações efetuadas em AA Dourado no âmbito do reporte financeiro junto da FCT

37 - Que consequências poderei ter se as publicações de que sou autor não cumprirem com as condições previstas na Política de AA, mesmo que o financiamento ao abrigo das quais foram produzidas estiver encerrado?

 

Dspace DeGois RCAAP Comodo Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback