DSpace
 

Repositório da UTAD >
Depósitos Anteriores a 2015 >
OLD - Teses e Dissertações >
OLD - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/3000

Title: Abordagem clínica da alopécia no cão
Authors: Domingues, Cláudia Alexandra Fernandes
Advisor: Oliveira, Justina Maria Prada
Issue Date: 6-Mar-2014
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias
Abstract: A alopécia, considerada uma lesão primária ou secundária, pode ser definida como uma perda de pêlo variando de parcial a total. São inúmeras as causas de alopécia e praticamente todas as dermatoses podem ter uma componente alopécica. Neste trabalho aborda-se de forma mais detalhada a dermatite atópica canina e a demodicose canina. Faz-se uma breve revisão bibliográfica seguindo-se uma descrição e discussão de dois casos clínicos representativos, acompanhados ao longo do período de estágio. A dermatite atópica canina é uma dermatose frequente em cães, considerada a segunda causa mais frequente de prurido canino. É definida como uma doença inflamatória, alérgica e prurítica da pele, com predisposição genética e com características clínicas típicas que são associadas a anticorpos IgE vulgarmente direccionados contra alergénios ambientais. O tratamento passa pela utilização de múltiplas modalidades individualizadas para cada animal ao longo da sua vida. É uma doença crónica e alérgica com prognóstico favorável. A demodicose canina caracteriza-se por ser uma parasitose inflamatória devido à presença de um número de ácaros, do género Demodex, superior ao normal. Esta proliferação inicial dos ácaros pode estar associada a alterações genéticas ou imunológicas. Estão descritas várias formas de apresentação da doença, as quais ditam qual a abordagem diagnóstica e terapêutica a adoptar. Geralmente o tratamento é bem sucedido mas pode ser bastante difícil e prolongado.
Alopecia is considered a primary or secondary lesion, and can be defined as a partial to complete loss of hair. There are numerous causes of alopecia, and virtually, all skin conditions may have a component of this disease. In this work, canine atopic dermatitis and canine demodicosis are approached in a more detailed form. It is a brief literature review, followed by a description and discussion of two representative clinical cases, through all along the training period. Atopic dermatitis is a common dog dermatosis, defined as a genetically-predisposed inflammatory and pruritic skin disease, with characteristic clinical features. This disease is associated to IgE antibodies and most commonly, directed against environmental allergens. The best therapeutic approach is achieved through the use of combinations of multiple individualized modalities for each patient, over the course of his or her lifetime. It is a chronic and allergic disease with a favorable prognosis. Canine demodicosis is an inflammatory parasitic disease, caused by the presence of a greater number of Demodex mites in the skin than normal. The initial proliferation of mites may be due to a genetic or immunologic disorder. They are described various forms of the disease, who dictate which diagnostic and therapeutic approach schould be adopted. Usually treatment is successful, but can be quite difficult and protracted.
Keywords: Cão
Alopécia
Diagnóstico
Terapêutica
URI: http://hdl.handle.net/10348/3000
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
msc_cafdomingues.pdf1.64 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace DeGois RCAAP Comodo Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback