DSpace
 

Repositório da UTAD >
TD - Teses e Dissertações >
TD - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8300

Title: Influência da aplicação de ácido salicílico no comportamento fisiológico de oliveiras submetidas a défice hídrico
Authors: Afonso, Ana da Lomba
Advisor: Correia, Carlos Manuel
Pereira, José Manuel Moutinho
Issue Date: 2017
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Agronómica
Abstract: A cultura da oliveira apresenta uma elevada relevância económica, social, cultural e ecológica em Portugal, sobretudo nas regiões do interior, como Trás-os-Montes, onde é uma das culturas dominantes. Nestes territórios predominam as explorações olivícolas de sequeiro, pelo que há uma elevada dependência da produção face às condições climatológicas, normalmente bastante adversas nas estações de primavera e verão. No contexto das mudanças climáticas à escala global é esperado um decréscimo da disponibilidade de água e um aumento da temperatura nos períodos de maior desenvolvimento vegetativo e reprodutivo da oliveira, com importantes consequências negativas na fisiologia, no crescimento, na produção e na qualidade, o que poderá inviabilizar economicamente esta cultura e contribuir para o êxodo das populações que vivem nestas regiões. Surge assim a necessidade de implementar medidas de adaptação que possam minimizar aqueles efeitos. Uma das práticas culturais possíveis seria o recurso à rega, mas que se apresenta pouco sustentável e dispendiosa em muitas zonas de Trás-os-Montes devido à orografia acidentada da região, às suas limitações naturais em recursos hídricos e à necessidade de uma distribuição hídrica em larga escala. Pelo exposto, torna-se crucial a adoção de práticas culturais alternativas que permitam a adaptação das oliveiras a um ambiente em mudança, de modo a preservar a sustentabilidade da cultura. Neste contexto, propusemo-nos avaliar o efeito da aplicação foliar de ácido salicílico (SA; 100 μM), uma hormona com uma grande diversidade de funções no metabolismo vegetal, como forma de minimizar os danos em plantas de 3 anos de idade da cultivar Cobrançosa sujeitas a 3 ciclos de défice hídrico e reidratação. No estudo foram utilizadas metodologias centradas na avaliação da fisiologia da oliveira, incluindo o estado hídrico, as trocas gasosas, a fluorescência da clorofila a e a acumulação de biomassa. Os resultados permitiram constatar que a aplicação de SA conduziu a uma melhoria de vários indicadores fisiológicos no período mais crítico do stresse, incluindo aumentos do conteúdo relativo em água e grau de suculência das folhas, taxa de transpiração, condutância estomática, taxa de transporte de eletrões, eficiência quântica efetiva do PSII e taxa de fotossíntese e diminuição da densidade das folhas, fluorescência basal e coeficiente de dissipação não fotoquímica. Foi também visível que alguns daqueles efeitos positivos permaneciam ativos 7 dias após o início da reidratação. Como corolário, o SA contribuiu para o aumento da acumulação de biomassa e da eficiência do uso da água ao nível da planta inteira, pelo que a aplicação de ácido salicílico poderá ser uma prática eficaz na redução dos efeitos negativos do défice hídrico nos olivais de sequeiro no contexto das alterações climáticas.
Olive tree has a high economic, social, cultural and ecological relevance in Portugal, especially in the inland regions, such as Trás-os-Montes, where it is one of the dominant crops. Olive rainfed orchards predominate in these territories, so there is a high dependence on the climatic conditions, which are usually quite adverse in the spring and summer seasons. In the context of global climate change, a decrease in the availability of water and an increase in temperature during periods of greater vegetative and reproductive development of the olive tree are expected, with significant negative consequences on physiology, growth, production and quality, which could economically cripple this crop and contribute to the exodus of the populations living in these regions. This raises the need to implement adaptation measures that can minimize these effects. One of the possible management practices would be the use of irrigation, but it is not very sustainable and it is expensive in many areas of Trás-os-Montes due to the rugged landscape of the region, its natural limitations on water resources and the need for a water distribution in large scale. Therefore, it is crucial to adopt alternative practices that allow the adaptation of olive trees to a changing environment, in order to preserve the sustainability of the crop. In this context, we proposed to evaluate the effect of the foliar application of salicylic acid (SA; 100 μM), a hormone with a great diversity of functions in plant metabolism, as a way of minimizing damage in 3-year-old plants of Cobrançosa cultivar subjected to 3 cycles of drought and rehydration. In the study, methodologies focused on the evaluation of olive tree physiology, including water status, gas exchange, chlorophyll a fluorescence and biomass accumulation were used. The results showed that the application of SA led to an improvement in several physiological indicators in the most critical period of stress, including increases in relative water content and leaf succulence, transpiration rate, stomatal conductance, electron transport rate, effective quantum efficiency of PSII and photosynthetic rate and decreases of leaf density, initial fluorescence and non-photochemical quenching. It was also seen that some of these positive effects remained active 7 days after the initiation of rehydration. As a corollary, SA contributed to the increase of biomass and of water use efficiency at the whole-plant level, so the application of salicylic acid could be an effective practice in reducing the negative effects of water stress on rainfed olive groves in the context of climate change.
Keywords: Olea europaea
Alterações climáticas
Ácido salicílico
Défice hídrico
URI: http://hdl.handle.net/10348/8300
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
msc_alafonso.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Dspace DeGois RCAAP Comodo Valid XHTML 1.0! DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback