Funcionalidade, saúde e atividade física habitual: estudo em servidores públicos federais envolvidos num programa de preparo para a aposentadoria

Data
2014-01-22
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo deste estudo foi investigar a atividade física habitual, funcionalidade e percepção de saúde de servidores públicos integrados num programa de preparo para a aposentadoria. Participaram 31 servidores públicos federais, 17 mulheres e 14 homens, com uma média de 56,68 (±4,91) anos e 26,29 (±3,21) kg/m2 de índice de massa corporal, vinculados a uma universidade pública federal do interior do Brasil. Utilizou-se, como instrumentos de avaliação, o Questionário de Baecke, para avaliar a atividade física habitual (AFH); a Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF); o Índice de Massa Corporal (IMC); a pressão arterial (PA); níveis de glicose, ácido úrico e colesterol (total e frações). Na análise estatística e para comparação das médias dos escores de atividade física habitual (AFO, EFL, ALL, AFH) segundo o sexo, recorremos ao teste t-student. Para a comparação da frequência de comprometimento funcional em função dos índices de atividade física, foi usado o teste de Qui-Quadrado (p <0,05). Verificamos níveis similares de AFH em ambos os sexos. Os homens evidenciaram maior prevalência de atividade física de lazer e locomoção. O grupo classificado como ativo, apresentou melhores pontuações em atividade de lazer e de locomoção, o que sugere ter interferido de forma positiva para que esse grupo apresentasse superioridade em todos os domínios avaliados pela CIF, melhores valores glicêmicos e lipêmicos. Quanto à PA, aproximadamente 60% da amostra estudada, evidenciou valores normais e/ou ótimos. No colesterol, as mulheres apresentaram melhores valores de HDL, menores de LDL e maior IMC. Embora, não encontrassemos valores significativos na comparação entre os grupos, a mobilidade articular foi significante (p=0,05), bem como alterações visuais (p=0,06) ao compararmos todos os sujeitos. Desta forma, parece-nos que será importante incluir programas de promoção de exercício e atividade física para os servidores públicos, numa perspectiva de promover o seu bem-estar e saúde, favorecendo o controle profilático e preventivo dos riscos de quedas, do excesso de peso, das doenças cardiovasculares bem como, para a manutenção da independência funcional.
The aim of this study was to investigate the habitual physical activity, functionality and perceived health of public workers included in a program of retirement preparation. Were studied 31 workers, 17 women and 14 men, with an average of 56.68 (± 4.91) years and 26.29 (± 3.21) kg/m2 body mass index, linked to a Public University of the interior of Brazil. It was used as assessment tools, the Baecke Questionnaire to assess habitual physical activity (HPA), the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF), the body mass index, blood pressure (BP); levels of glucose, uric acid and cholesterol (total and fractions). In the statistical analysis and to compare the mean scores of habitual physical activity, according to gender, we used the student t-test. For the comparison of the functional impairment according to the physical activity levels, we used the chi-square test (p <0,05). We observed similar levels of HPA in both genders. Men showed a higher prevalence of leisure-time physical activity and locomotion. No differences were observed between genders and groups (active vs sedentary), regarding the functionality and health, however, the active group showed better results in performance and competence in all domains of the ICF. Women compared with men, had a higher body mass. Among men, there was no obese. For the BP, men and women, showed normal and/or optimal values. In clinical chemistry we found that both genders had normal values for blood glucose and uric acid. To cholesterol, women had higher levels of HDL while men had LDL above the reference values. Thus, it seems to be important to include programs to promote exercise and physical activity in public workers involved in the program of retirement preparation, with the intention of promoting their well-being and health, improving control and prevention of overweight, obesity and decreased risk of falls and cardiovascular disease.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Gerontologia, Atividade Física e Saúde no Idoso
Palavras-chave
Atividade física , Glicemia , Ácido úrico , Classificação internacional de funcionalidade incapacidade e saúde , Aposentar , Deslipidemia
Citação