Doença renal crónica em cães e gatos: casos clínicos

Data
2018-11-30
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A doença renal crónica (DRC) está associada a uma perda da função renal de evolução progressiva e irreversível. A sua etiologia não é geralmente conhecida e a frequência do seu diagnóstico tem aumentado significativamente, sendo uma das mais importantes causas de morbilidade e mortalidade em cães e gatos. O seu diagnóstico precoce é essencial para limitar a progressão da doença e melhorar a qualidade de vida do animal. O prognóstico depende de vários fatores, incluindo a qualidade dos cuidados médicos fornecidos e o nível de comprometimento do tutor. Assim, o objetivo deste trabalho foi o de consolidar e aprofundar os conhecimentos sobre a DRC nos cães e nos gatos, fazendo-se o paralelismo entre a prática clínica e o que está descrito na literatura, através da análise de casos clínicos. Este trabalho começa com a revisão bibliográfica do tema seguindo-se da parte prática, onde são apresentados seis casos clínicos de DRC em cães e gatos. Estes casos clínicos foram observados no âmbito do estágio curricular final do Mestrado Integrado de Medicina Veterinária (MIMV) no Hospital Veterinário da Universidade do Tennessee e no Hospital Veterinário de Gaia. Dos seis animais com DRC incluídos neste trabalho, três eram cães e os restantes gatos. A DRC ocorreu predominantemente em fêmeas de idade avançada. A presença de anorexia e a perda de peso constituíram os principais sinais clínicos observados. A anemia não regenerativa normocrómica e normocítica, a azotemia, a proteinúria e a diminuição da densidade urinária específica foram as principais alterações detetadas nos exames laboratoriais. A hipertensão arterial foi observada em três animais (um cão e dois gatos). Na ecografia, as alterações na ecogenicidade com perda de definição cortico-medular e a presença de quistos foram frequentes. Um reconhecimento eficaz da DRC, através da história clínica, exame físico e exames complementares, é essencial para a instituição de uma terapêutica adequada de modo a retardar a progressão da doença.
Chronic kidney disease (CKD) is associated with progressive and irreversible loss of renal function. Its etiology is not usually known, and the frequency of its diagnosis has increased significantly, being one of the most important causes of morbidity and mortality in dogs and cats. Its early diagnosis is essential to limit the progression of the disease and improve the quality of life of the animal, and the prognosis depends on several factors including the quality of medical care provided and the owner commitment. Thus, the aim of this work was to consolidate and deepen the knowledge of CKD in dogs and cats, making the parallel between clinical practice and what is described in the literature, through the analysis of clinical cases. This work starts with a bibliographic review of the subject followed by the practical part, where six clinical cases of CKD in dogs and cats are presented. These clinical cases were observed within the final curricular stage of the Mestrado Integrado de Medicina Veterinária (MIMV) at the Veterinary Hospital of the University of Tennessee and in the Hospital Veterinário de Gaia. Of the six animals with CKD included in this study, three were dogs and the remaining cats. CKD occurred predominantly in females of advanced age. The presence of anorexia and weight loss were the main clinical signs observed. Normochromic and normocytic non-regenerative anaemia, azotemia, proteinuria, and the reduction of urine specific gravity were the most consistent laboratory abnormalities. Hypertension was observed in three animals (one dog and two cats). In ultrasonography, changes in parietal echogenicity with loss of corticomedullary distinction and the presence of cysts were frequent. An effective recognition of CKD, by means of clinical history, physical and complementary diagnostic exams, is essential to plan an adequate therapy in order to delay the progression of the disease.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Mestrado em Medicina Veterinária apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Palavras-chave
doença renal crónica , IRIS , azotemia , SDMA , estadiamento
Citação