Gestão de recursos humanos e materiais em contexto hospitalar

Data
2016-08-01
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
As mudanças observadas nos últimos tempos trouxeram grandes alterações na gestão dos hospitais, alterações essas que provocaram impactos a nível dos stackholders das organizações e a nível da prestação de cuidados de saúde. As organizações hospitalares têm características especiais e recorrem aos seus recursos, sejam eles humanos, materiais ou outros, para alcançarem os seus objetivos organizacionais. Neste sentido, foram definidos como objetivos centrais desta investigação o conhecimento da opinião dos enfermeiros sobre a gestão de recursos humanos e materiais e a identificação dos principais fatores que influenciam essa opinião. O enquadramento teórico abordou temas como a organização hospitalar, a gestão hospitalar, a gestão de recursos humanos, a gestão de recursos materiais e a enfermagem e gestão. A investigação empírica assentou num estudo exploratório, descritivo, transversal de natureza quantitativa. A análise descritiva e inferencial incidiu sobre as variáveis de um questionário, composto por três partes: caracterização sociodemográfica, gestão de recursos humanos e gestão de recursos materiais. O instrumento de recolha de dados foi aplicado a uma amostra de 226 enfermeiros a exercer funções no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, EPE. Os resultados obtidos permitem concluir que a nível dos recursos humanos são os enfermeiros mais velhos, com a categoria de enfermeiro chefe, com mais anos de experiência profissional, colocados a pedidos dos próprios para exercerem funções no serviço de preferência aqueles que demonstram uma opinião mais positiva da gestão de recursos humanos. A nível dos recursos materiais, são os enfermeiros mais velhos, com a categoria de enfermeiro chefe, com mais anos de experiência profissional em enfermagem, a exercer funções a pedido dos próprios, no serviço de consulta externa, serviço de sua preferência, com contrato de funções públicas por tempo indeterminado e com funções ou responsabilidades de gestão aqueles que apresentam uma opinião mais favorável da gestão de recursos materiais.
The changes shown during the last decades brought great changes in Hospital management, changes which caused an impact on the Stackholders organisations level and on a health care level. Hospital organisations have special characteristics and they use their resources, either Human, material or others to achieve their organisational purposes. This way, it was defined as main goals of this investigation the knowledge we have of the nurses opinion about human resources and material management and the identification of the main factors that influenced that opinion. The theoretical framework approached themes like hospital organisation, hospital management, human resources management, material resources management, nursing and management. The empiric investigation was based in an exploratory, descriptive and cross-sectional study of a quantitative nature. The descriptive and inferential analysis fell on the variables of a questionnaire, which had three parts: socio-demographic characterisation, human resources management and material resources management. The instrument for gathering data was applied to a sample of 226 nurses working in the Tâmega and Sousa Hospital, EPE. The results obtained allow us to conclude that to a Human Resources level the older nurses, which have the category of Chief Nurse, with more experience years in nursing, that were there positioned as a request done by themselves, with a contract in the public service for an indefinite time and that have management functions or responsibilities, are the ones that have a more favourable opinion of the management of material resources.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde
Palavras-chave
Gestão dos recursos humanos , Gestão dos recursos materiais , Enfermeiros , Administração hospitalar , Serviços de saúde
Citação