Ansiedade e medo na adolescência: uma revisão de relatos clínicos

Data
2022-12-14
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Este trabalho teve como objetivo a realização de uma revisão de relatos clínicos sobre as intervenções psicoterapêuticas utilizadas no tratamento psicoterapêutico de adolescentes que sofrem de ansiedade. O propósito desta revisão foi encontrar artigos que reportassem as práticas utilizadas pelos profissionais de saúde. Realizou-se uma pesquisa de artigos científicos na base de dados eletrónica B-On (no período entre 2013 e 2021). Foram utilizadas as palavras-chave “Ansiedade” “Adolescência” “Intervenção” “Psicoterapia”. Foram encontrados 2094 artigos. Desses, apenas 89 abordavam aspetos relacionados a intervenções psicoterapêuticas na ansiedade em adolescentes e estavam de acordo com os critérios de inclusão. Porém, dentre os 89, somente 14 apresentavam alguma descrição efetiva das práticas realizadas pelos profissionais de saúde diante da perturbação de ansiedade. Os resultados revelaram que a intervenção psicoterapêutica mais utilizada no tratamento da ansiedade em adolescentes, segundo esta revisão de relatos clínicos, é um tipo de abordagem denominada “Cognitiva-Comportamental”. Este é um tipo de psicoterapia baseada num modelo de aprendizagem que conduz ao desenho de estratégias específicas de intervenção.
This study aimed to carry out a review of clinical reports on psychotherapeutic interventions used in the psychotherapeutic treatment of adolescents suffering from anxiety. The purpose of this review was to find articles that reported the practices used by health professionals. A search of scientific articles was carried out in the electronic database B-On (in the period between 2013 and 2021). The keywords “Anxiety” “Adolescence” “Intervention” “Psychotherapy” was used. 2094 articles were found. Of these, only 89 addressed aspects related to psychotherapeutic interventions for anxiety in adolescents and were in accordance with the inclusion criteria. However, among the 89, only 14 had any effective description of the practices performed by health professionals in the face of anxiety disorder. The results revealed that the most used psychotherapeutic intervention in the treatment of anxiety in adolescents, according to this systematic review, is a type of approach called “Cognitive-Behavioral”. This is a type of psychotherapy based on a simple learning model that drives the design of specific intervention strategies.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
Palavras-chave
Ansiedade , Adolescência
Citação