Caracterização de uma colecção antiga de trigos portugueses através de marcadores morfológicos e moleculares

Data
2010
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O trigo é um dos cereais mais importantes para a alimentação e agricultura a nível mundial, por isso muitos países têm desenvolvido esforços para a caracterização e avaliação da diversidade genética das suas populações ou “landraces” deste cereal. No IBB-CGB/UTAD tem-se vindo a caracterizar uma colecção antiga de trigos portugueses, composta por 48 cultivares de trigo mole (Triticum aestivum 2n = 6x = 42; AABBDD) e 51 cultivares de trigo rijo (T. turgidum e T. durum; 2n = 4x = 28; AABB), bem como 30 linhas da “landrace” de trigo mole ‘Barbela’. Os objectivos deste trabalho eram caracterizar esta colecção de trigos com base em marcadores moleculares RAPD e ISSR e em componentes morfológicos e de produção. Com os marcadores RAPD obteve-se 71,3% de polimorfismo nos trigos moles, 72,7% nos trigos rijos e 54,1% nas linhas de trigo ‘Barbela’. Também se obteve 78,6% de polimorfismo ISSR nos trigos moles, 81,3% nos trigos rijos e 55,7% nas linhas de trigo ‘Barbela’. Os ISSRs evidenciaram maior taxa de polimorfismo do que os RAPDs. Neste trabalho foram construídos dendrogramas de similaridade genética, utilizando o método de agrupamento UPGMA e o coeficiente de Jaccard para trigos moles, rijos e linhas de ‘Barbela’ com a totalidade dos dados RAPD e com a totalidade dos dados ISSR. No geral, os dendrogramas agruparam os trigos moles por variedades botânicas, os trigos rijos por espécies e as linhas de trigo ‘Barbela’ por região de colheita, quer para RAPDs quer para ISSRs. A combinação dos dois sistemas de marcadores originou resultados similares. No que concerne aos componentes morfológicos e de produção, estes evidenciaram uma elevada variabilidade genética entre cultivares e entre variedades botânicas. Os dendrogramas UPGMA de similaridade genética, utilizando o coeficiente da distância euclidiana confirmaram a elevada variabilidade genética anteriormente observada, uma vez que não foi possível agrupar os trigos por variedades botânicas, espécies ou regiões de colheita. Na análise da diversidade genética os ISSRs revelaram ser mais informativos que os RAPDs, sendo os marcadores morfológicos e de produção os menos informativos.
The wheat is one of the most important cereals for food and agriculture worldwide, so many countries have developed efforts to the characterization and evaluation of the genetic diversity of their populations or landraces of this cereal. In IBB-CGB/UTAD we have been characterizing an old portuguese wheat collection, composed by 48 bread wheat cultivars (Triticum aestivum 2n = 6x = 42; AABBDD) and 51 durum wheat cultivars (T. turgidum e T. durum; 2n = 4x = 28; AABB), as well as 30 lines of the ‘Barbela’ bread wheat landrace. The goals of this work were to characterize this wheat collection based on molecular markers RAPD and ISSR and based on morphological and yield traits. With RAPD markers we got 71,3% of polymorphism in bread wheats, 72,7% in durum wheats and 54,1% in ‘Barbela’ lines. We also got 78,6% of ISSR polymorphism in bread wheats, 81,3% in durum wheats and 55,7% in ‘Barbela’ lines. The ISSR molecular markers showed higher polymorphism level then RAPD markers. In this study, UPGMA dendrograms were built using the Jaccard coefficient to the bread wheat, durum wheat and ‘Barbela’ lines, with the RAPD data and with the ISSR data. In general, bread wheats were clustered by botanical varieties, durum wheats by species and ‘Barbela’ lines by sampling area, as for RAPDs as for ISSRs. The combination of the two marker sistems gave rise to similar results. Morphological and yield traits showed a high genetic variability within cultivars and within botanical varieties. UPGMA dendrograms of genetic similarity, using the euclidian distance coefficient confirmed the high genetic variabitity, once wheats did not cluster by botanical varieties, species or sampling areas. In the genetic diversity analysis, ISSRs were more informatives than RAPDs, and the morphological and yield markers were the less informatives.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Genética Molecular Comparativa e Tecnológica
Palavras-chave
Germoplasma de trigo português , ‘Barbela’ , RAPDs , ISSRs , Marcadores morfológicos e de produção , Portuguese wheat germplasm , Morphological and yield markers
Citação