Avaliação da qualidade ambiental de sedimentos fluviais na zona envolvente de um aterro de resíduos urbanos

Data
2015
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho tem como objetivo fundamental avaliar a qualidade ambiental de sedimentos fluviais em linhas de água que drenam a área envolvente ao Aterro Sanitário Intermunicipal do Vale do Douro Norte – Vila Real. A área definida para este estudo é caracterizada no que respeita à geologia, climatologia, tipos de solo e uso da terra. Faz-se também uma caracterização do Aterro Sanitário com base em dados bibliográficos e na visita ao local. A definição de uma rede de amostragem e a recolha de sedimentos fluviais, analisados por extração sequencial (metodologia BCR), permitem avaliar o potencial de mobilidade e biodisponibilidade de metais, que poderão indicar uma possível poluição. Os teores totais de metais (μg g-1) variam nos intervalos: Cd [nd - 1]; Cr [31-49]; Cu [22-63]; Fe [20062-45132]; Mn [406-1219]; Ni [10-29]; Pb [21-36]; Zn [106-167]. A análise das fases geoquímicas, às quais se associam os metais, revela que existem dois grupos distintos. O Grupo I (Cr, Ni, Fe e Zn), formado pelos metais com maior afinidade para a fração residual, que se pode considerar não biodisponível, e o Grupo II (Pb e Mn) que apresenta maior afinidade para a fração potencialmente biodisponível (trocável + redutível + oxidável). O Cd e Cu apresentam uma distribuição variável, de amostra para amostra, entre a fração potencialmente biodisponível e a fração residual. O Índice de Geoacumulação (Igeo), que permite definir diferentes níveis de poluição nos sedimentos, mostra que apenas para o Cd duas amostras se incluem na classe “não poluído a moderadamente poluído” (Igeo [1 a 6]). Todas as outras amostras, tanto no caso do Cd como dos outros metais, se incluem no intervalo “não poluído” (Igeo [≤ 0 a 1]). Os resultados encontrados neste trabalho não tornam evidente a influência do Aterro Sanitário Intermunicipal do Vale do Douro Norte na qualidade dos sedimentos fluviais da área drenada na sua envolvente.
The present study has as the major aim to evaluate the environmental quality of the fluvial sediments from the streams draining the adjacent area to the landfill of the North Douro Valley, in Vila Real (Aterro Sanitário Intermunicipal do Vale do Douro Norte). The study area is characterized in relation to the local geology, climatology, soil types and land use. A visit allowed the observation of the daily works in the landfill and its major structures and features. The information collected in related literature complemented the landfill description. The fluvial sediments, collected in a selected sampling network, were analysed following a chemical sequential extraction procedure (BCR methodology) to evaluate the potential mobility of selected metals, and related eventual pollution, in the surrounding area of the landfill. The total metals contents (μg g-1) vary in the ranges: Cd [0- 1]; Cr [31-49]; Cu [22-63]; Fe [20062-45132]; Mn [406-1219]; Ni [10-29]; Pb [21-36]; Zn [106-167]. The study of the geochemical phases to which metals are associated with, suggest the association of metals into two distinct groups. Group I (Cr, Ni, Fe and Zn) assembles the metals which occur preferentially associated with the residual fraction and that can be considered as not bioavailable. Group II (Pb and Mn) assembles the metals which show preferential affinity to the potentially bioavailable fraction (exchangeable + reducible + oxidisable). Cadmium and Cu show, within the samples, a variable distribution among the potentially bioavailable fraction and the residual fraction. The Geoaccumulation Index (Igeo), which allows to define variable pollution levels in sediments, indicate that only two samples, for Cd, are included in the class “non polluted to moderately polluted”, Igeo [1 to 6]. The remaining samples, for all considered metals, are included in Igeo [≤ 0 to 1]. The results achieved with this study do not indicate an influence of the landfill on the quality of the fluvial sediments in the fluvial network surrounding the landfill area.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Gestão dos Recursos Naturais
Palavras-chave
Recursos naturais , Gestão , Avaliação do impacto ambiental , Aterros sanitários
Citação