Impactes das alterações climáticas na vitivinicultura da Região Demarcada do Douro e medidas de adaptação

Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O clima afeta significativamente qualquer sistema agrícola, tendo influência direta na adequação das culturas às regiões onde se encontram instaladas, bem como interfere na quantidade e qualidade da produção, o que condiciona a sustentabilidade económica da atividade produtiva. Na Região Demarcada do Douro (RDD), como na maioria das regiões de clima mediterrânico, a baixa precipitação anual (33% da área da RDD apresenta menos de 600 mm) e a sua alta variabilidade, conjugadas com elevadas taxas de evapotranspiração durante o período de Verão, são um dos fatores fundamentais que limitam o desenvolvimento da videira, bem como a produção e a qualidade da vindima. Assim, face a um cenário de alterações na temperatura para as próximas décadas (1,5- 2,5°C) e confirmando-se as previsões de decréscimos de precipitação e/ou grande variabilidade na ocorrência de fenómenos de ondas de calor e seca e de precipitações intensas, as consequências para a estabilidade da encosta em viticultura de montanha e sustentabilidade de todas as operações envolvidas são riscos a ter em consideração. Deste modo, um conhecimento o mais profundo e sustentado possível das medidas de adaptação às condições ambientais adversas reveste-se de importância crucial, possibilitando uma mais eficiente adequação das condições de crescimento das plantas e de otimização da produção e da qualidade das uvas. Com o desenvolvimento deste trabalho, realizado em duas vinhas comerciais, uma na freguesia de Soutelo do Douro, concelho de São João da Pesqueira, Cima Corgo, e outra na freguesia de Numão, concelho de Vila Nova de Foz Côa, Douro Superior, procurou-se estabelecer a relação entre elementos climáticos e parâmetros fisiológicos, produtivos e qualitativos, bem como avaliar a eficácia de medidas de adaptação, incluindo diferentes modalidades de rega deficitária (2002 a 2019) e a aplicação de redes de ensombramento (2019 e 2020) no comportamento fisiológico, vitícola e enológico das castas Touriga Nacional e Moscatel Galego Branco, respetivamente. Os resultados mostraram que a aplicação de rega deficitária permitiu reduzir significativamente o impacte das condições meteorológicas adversas em momentos chave do desenvolvimento da videira, particularmente no período que antecede o pintor e na maturação, reduzindo os efeitos negativos ao nível dos processos fisiológicos da videira e da produtividade, sem detrimento dos parâmetros de qualidade do mosto. Por outro lado, a aplicação de redes de ensombramento reduziu substancialmente a temperatura das folhas, possibilitando aumentar o potencial hídrico, a condutância estomática e a taxa de fotossíntese das videiras, o que se refletiu no aumento de produção no 2º ano do ensaio. Para os indicadores de maturação, obtiveram-se teores mais elevados de acidez total, ácido málico e azoto assimilável. A última medida apresenta imenso potencial, sendo fundamental efetuar mais anos de ensaio para retirar conclusões mais fortes ao nível dos parâmetros de produção, mas também em características tão importantes como os componentes de maturação da uva e as características organoléticas dos vinhos.
Climate has a significant impact in the success of any agricultural system, with a direct influence on the crops suitability to a given region, interfering on yield and quality and also with the economic sustainability of the productive activity. In the Douro Demarcated Region (RDD), as in most regions of the Mediterranean climate, the scarce precipitation (33% has less than 600 mm per year), and your high variability, associated with high rates of evapotranspiration during the summer, is usually one of the fundamental factors that limit the grapevine development, as well as the production and quality of the harvest. Thus, facing the scenario in temperature changes for the next decades (1.5-2.5°C) and confirming the predictions of precipitation decreases and/or great variability in the occurrence of heat waves and intense rainfall, the consequences for slope stability in mountain viticulture and sustainability of all operations involved, are risks to be taken into account. In this way, a deepest and sustained knowledge regarding the adaptation measures to adverse environmental conditions is of a crucial importance, enabling a more efficient adaptation of plant growth conditions and the optimization of production and quality of the grapevines. The development of this work, carried out in two commercial vineyards, one located in Soutelo do Douro, São João da Pesqueira, Cima Corgo sub-region, and another located in Numão, Vila Nova de Foz Côa, Douro Superior sub-region, it seeks to establish a relationship between climatic elements and physiological, productive and qualitative parameters, as well as to evaluate the effectiveness of adaptation measures, including different types of deficit irrigation (2002- 2019) and the application of shading nets (2019-2020) in the physiological, viticultural and oenological behavior in the Touriga Nacional and Moscatel Galego Branco varieties, respectively. The results showed that the application of deficit irrigation allowed to significantly reduce the impact of the adverse weather conditions at key moments in the development of the grapevine, particularly in the period immediately before veráison and maturation, reducing the negative effects on the physiological processes and productivity, without compromise the must quality parameters. On the other hand, the application of shading nets significantly reduced de leaves temperature, allowing to increase the water potential, stomatal conductance and photosynthetic rate of grapes, which was reflected in the yield increase in the 2nd year of the study. For the maturation indicators, higher levels of total acidity, malic acid and assimilable nitrogen were obtained. The last measure presents a huge potential, being essential to carry out more years of trials to obtain stronger conclusions in terms of production parameters, but also in characteristics as important as the grape ripening components and the organoleptic characteristics of wines.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Enologia e Viticultura
Palavras-chave
Alterações climáticas , fisiologia
Citação