Aplicação do carolo de espiga de milho no fabrico de placas de revestimento

Data
2023-03-31
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Foi efetuado um levantamento das fichas técnicas existentes no mercado relativas a placas de revestimento para posterior comparação com os resultados obtidos neste trabalho no que respeita à caracterização física e mecânica das placas em estudo. De modo a avaliar os potenciais da incorporação do resíduo em elementos de construção foram realizados ensaios de granulometria, massa volúmica e absorção de água, podendose concluir que o carolo de espiga de milho é um material leve mas absorve elevadas quantidades de água, intensificando-se esta absorção com o decorrer do tempo. Foram estudadas e analisadas diferentes composições tais como a II 1:1,3:3,6:1,6 (cimento : carolo de espiga de milho : areia : água). e a III 1:0,8:0,6 (cimento : carolo de espiga de milho : água) que permitiram produzir provetes necessários para a realização de ensaios de compressão, flexão e capilaridade. Pode-se concluir que o modo de compactação e o tipo de molde estanque confere maior integridade e resistência ao material, pois não existem perdas de calda de cimento. No entanto para a realização dos ensaios foram utilizados moldes não estanques. Relativamente aos ensaios de flexão, os provetes da mistura II apresentam valores de 0,94 MPa e a mistura III, 1,11 MPa, estando aquém dos 3,5 MPa que as fichas técnicas preconizam. Quanto aos ensaios de compressão, os provetes da mistura II apresentam valores de 1,84 MPa e a mistura III, 2,04 MPa. Por último o ensaio de absorção de água, os provetes da mistura II obtiveram valores de 10,57% e a mistura III, 8,2%, ficaram aquém dos 6 % preconizados nas fichas técnicas É possível aplicar este material em coberturas não acessíveis, desde que sejam aplicados com outros sistemas que permitam a não absorção da água.
A survey was carried out of the existing technical sheets on the market regarding cladding boards for later comparison with the results obtained in this work with regard to the physical and mechanical characterization of the boards under study. In order to evaluate the potential of incorporating the residue in construction elements, tests were carried out on granulometry, density and water absorption, and it can be concluded that corn cob is a light material but absorbs high amounts of water, this absorption intensifies with the passage of time. Different compositions were studied and analyzed, such as II 1:1,3:3,6:1,6 (cement: corncob: sand: water). and III 1:0.8:0.6 (cement: corncob: water), which allowed the production of specimens necessary for carrying out compression, flexion, and capillarity tests. It can be concluded that the compaction mode and the type of sealed mold confer greater integrity and resistance to the material, as there are no losses of cement grout. However, non-watertight molds were used to carry out the tests. Regarding bending tests, the specimens of mixture II present values of 0.94 MPa and mixture III, 1.11 MPa, falling short of the 3.5 MPa recommended by the technical sheets. As for the compression tests, the specimens from mixture II present values of 1.84 MPa and mixture III, 2.04 MPa. Finally, in the water absorption test, the specimens from mixture II obtained values of 10.57% and mixture III, 8.2%, falling short of the 6% recommended in the technical sheets. It is possible to apply this material on non-accessible roofs, as long as they are applied with other systems that allow the non-absorption of water.
Descrição
Dissertação submetida à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil
Palavras-chave
construção sustentável , carolo de espiga de milho
Citação