Influência dos Vãos Envidraçados na eficiência energética dos edifícios: Determinação do Coeficiente de Transmissão Térmica

Data
2011
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O facto de grande percentagem da energia consumida derivar de recursos naturais não renováveis, cuja exploração e produção tem grandes impactos económicos e ambientais, despertou a consciência global da necessidade de procurar soluções que permitam um uso racional da energia, a optimização da eficiência dos processos de conversão energética e mesmo soluções que incorporem fontes alternativas de energia mais ecológicas, como são exemplos a energia solar e a eólica. O balanço energético nacional diz-nos que os edifícios, tanto os residenciais como os de serviços, são responsáveis por mais de 60% do consumo de energia eléctrica, 29% do consumo de energia final, da qual as habitações residenciais são responsáveis por 13%. Os vão envidraçados revelam-se de enorme importância no comportamento térmico dos edifícios, uma vez que contribuem de forma muito significativa no balanço energético, tanto para as perdas por transmissão de calor como para os ganhos solares. O presente trabalho reúne informação sobre a metodologia de cálculo das necessidades energéticas dos edifícios, de acordo com a legislação nacional em vigor, da influência das perdas e dos ganhos através dos vãos envidraçados no desempenho global dos edifícios, assim como sobre os materiais constituintes, a localização e orientação, o sombreamento, a área de envidraçado e as pontes térmicas, e sua importância no comportamento térmico dos vãos envidraçados. O estudo avalia ainda distintos métodos para a obtenção do coeficiente de transmissão térmica dos vãos envidraçados tendo por base, quer uma análise experimental, quer uma análise numérica, com software adequado. Através da comparação entre os resultados obtidos e os dados dos fabricantes do vão estudado concluir-se sobre a validade dos modelos e métodos implementados.
The fact that a large percentage of energy consumed is produced from non-renewable resources, whose exploration and production has major economic and environmental impacts, has raised global awareness of the need to seek solutions that allow a rational use of energy, optimization of efficient energy conversion processes and solutions that can incorporate alternative energy sources, as solar energy and wind power, for example. The national energy balance tells us that buildings, residential and services buildings are responsible for more than 60% of electricity consumption, 29% of final energy consumption, which residential buildings are responsible for 13%. The glazing systems have enormous importance in the thermal performance of buildings, since they contribute very significantly to the energy balance, in the heat transfer loss and in solar gain. This work get together information on the methodology of calculation of the energy needs of buildings, accordance with the actual national legislation, the influence of losses and gains through the glazing on the overall performance of buildings as well as on the constituent materials, the location and orientation, shading systems, glazing area and thermal bridges, and their importance in the thermal performance of glazing systems. The study also evaluates different methods to obtain the thermal coefficient of glazing systems, with basis on experimental analysis and numerical analysis, with appropriate software. By comparing the results and information from manufacturers of the glazing system can conclude about the validity of the models and methods implemented.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil
Palavras-chave
Vão envidraçados , Coeficiente de transmissão térmica , Eficiência energética em edifícios , Simulação computacional
Citação