Anasarca fetal no Bulldog inglês: efeitos da alimentação na cadela grávida

Data
2015-08-06
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A anasarca fetal ou síndrome do bebé de água é uma síndrome relativamente frequente no Bulldog Inglês. Muitas são as condições genéticas e/ou ambientais que podem alterar a hemodinâmica materna e fetal resultando no desenvolvimento de edema. São também várias as condições ambientais uterinas, ainda que decorrentes da genética materna, que podem influenciar diretamente o movimento dos fluidos corporais fetais, ou indiretamente, causando lesões estruturais em órgãos como o coração ou rins, que culminarão, também, no desequilíbrio das forças de Starling. Neste trabalho procurou comparar-se o efeito da alimentação materna (dieta comercial vs preparado caseiro), em particular no que respeita aos teores de sal, na incidência de edema ou fenda do palato em ninhadas de Bulldog Inglês. As cadelas alimentadas durante a gestação com uma dieta à base de carne e arroz, suplementada com vitaminas, cálcio e ácido fólico, sem adição de sal, quando comparadas com cadelas alimentadas com rações comerciais, tiveram um menor número de cachorros com aquelas lesões. Os dados foram recolhidos por inquérito, passado a 29 criadores da raça bulldog, abrangendo um universo de 72 ninhadas com um total de 453 cachorros nascidos. Nestas ninhadas houve registo de 30,68% (139/453) fetos com anasarca e de 6,62% (30/453) com fenda do palato. A incidência de cachorros com anasarca foi claramente superior em crias nascidas de cadelas alimentadas com ração comercial, foi de 45,81% (126/275) comparativamente com os nascidos de cadelas alimentadas com carne e arroz que foi 7,30% (13/178). A anasarca é uma síndrome decorrente da interação de múltiplos fatores, em que a co-existência de certas condições favorece uma ação sinérgica nefasta na génese de lesões neuronais, capilares, cardíacas, renais ou hepáticas, ou ainda desencadeia alterações da osmolalidade plasmática fetal que estão, provavelmente, subjacentes ao número de indivíduos afetados. A reversão do edema em cachorros prontamente tratados após o nascimento, como testado ainda neste trabalho, suporta a hipótese de que a origem da síndrome, nestes cachorros, se encontra associado a efeitos ambientais durante a gestação, afastando a hipótese de um defeito genético. Para melhor compreender a fisiopatologia desta síndrome é fundamental rastrear as patologias que podem acompanhar a gestação e proceder ao estudo anatomopatológico, histológico e genético dos cachorros afectados.
Anasarca fetal or “water puppy syndrome” is a relatively common syndrome in English Bulldog. There are many genetic and/or environmental conditions that may alter the maternal and fetal hemodynamics resulting in the development of edema. Are also several uterine environmental conditions, arising from maternal genetic, that can directly influence the movement of bodily fluids or indirectly causing fetal structural lesions in organs such as the heart or kidneys, that will culminate, too, in the imbalance of forces Starling. This study sought to compare the effect of maternal nutrition (commercial diet vs prepared homemade), in particular as regards levels of salt, with the incidence of edema or cleft palate in litters of English Bulldog. Bitches fed during gestation with a diet of meat and rice, supplemented with vitamins, calcium and folic acid, no salt added, compared with dogs fed commercial diets, had a lower number of dogs with those injuries. The data were collected by inquiry from 29 Bulldog breeders covering a universe of 72 litters with a total of 453 puppies born. These litters produced 30,68% (139/453) fetuses with anasarca and 6,62% (30/453) with cleft palate. The incidence of dogs with anasarca was clearly superior in offspring born to female dogs fed with commercial ration was 45.81% (126/275) compared with those born from bitches fed with meat and rice was 7,30% (13/178). The anasarca is a syndrome resulting from the interaction of multiple factors, in which the coexistence of certain conditions favoring a synergistic action deplorable in the genesis of neuronal injury, capillaries cardiac, renal, or hepatic, or triggers changes in fetal plasma osmolality that are probably behind the number of individuals affected. The reversal of edema in pups handled promptly after birth, as tested in this work, supports the hypothesis that the origin of the syndrome in these pups is associated with environmental effects during pregnancy, ruling out the hypothesis of a genetic defect. To better understand a pathophysiology of this syndrome is critical to track the diseases that can accompany pregnancy and proceed to pathology, histological and genetic study of dogs affected.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Hidropisia fetal , Edema , Diabetes gestacional , Bulldog inglês
Citação