Meningiomas do sistema nervoso central em cães

Data
2015-11-30
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A incidência anual de neoplasias intracranianas é de 14,5 em 100.000 indivíduos da espécie canina – podendo ser divididas em extra-axiais, intra-axiais e intraventriculares –, enquanto as neoplasias da medula espinhal se apresentam menos comuns – são classificadas em extradurais, intradurais-extramedulares e intramedulares, compreendendo, respetivamente, 50%, 35% e 15% de todas as neoplasias espinhais. O meningioma é o tumor primário do SNC mais comum no cão, podendo surgir a partir de qualquer uma das três meninges. Contudo, ocorre geralmente nas células aracnoides e nas granulações aracnoides, que constituem projeções da aracnoide através da dura-máter para o seio sagital superior. Nesta dissertação foram descritos três casos clínicos referentes a cães que apresentavam meningiomas com localizações diferentes e, consequentemente, com sinais de disfunção neurológica distintos. No caso nº 1 o meningioma localizava-se no lado direito da fossa caudal e, assim, o animal apresentava síndrome vestibular central e défices posturais ipsilaterais. No caso nº 2 o meningioma localizava-se na região fronto-temporal direita, pelo que o animal foi apresentado à consulta com história de convulsões e défices posturais contralaterais. No caso nº 3 o meningioma encontrava-se na região cervical cranial, apresentando tetraparésia não ambulatória. Nos três casos o tratamento escolhido foi a excisão cirúrgica, embora no caso nº 1 se tenha posteriormente procedido a quimioterapia com hidroxiureia. Todos os animais encontram-se vivos e neurologicamente estáveis, no caso nº 1 com um tempo de sobrevivência de 8 meses, no caso nº 2 de 15 meses e no caso nº 3 de 9 meses.
In dogs, 60 to 80% of neoplasms of the CNS were identified. The annual incidence of brain tumors is 14.5 per 100,000 individuals in the canine species and can be divided into extra-axial intra-axial and intraventricular. In contrast, the neoplasms of the spinal cord are less common. These are divided into extradural, intradural-extramedullary and intramedullary, comprising, respectively, 50%, 35% and 15% of all spinal neoplasms The meningioma is the most common primary tumor of the CNS in dogs. It can occur in any of the three meninges. However, it generally occurs in the arachnoid cells and arachnoid granulations, which constitute projections of arachnoid through the dura mater to the superior sagittal sinus. This dissertation described three clinical cases relating to dogs that had meningiomas located in different places and, thus, with different symptoms. In case no. 1, the meningioma was located on the right side of the caudal fossa. Therefore, the animal had central vestibular syndrome and ipsilateral postural deficits. In case no. 2, the meningioma was found in the right fronto-temporal region. As such, the animal presented a history of spams and contralateral postural deficits. In case no. 3, the meningioma was located in the cranial cervical region, presenting tetraparesis not ambulatory. In all the cases the surgical excision was the treatment chosen. However, in the case no. 1 chemotherapy with hydroxyurea was also made. The three animals are alive and neurologically stable. In the case no. 1 with a survival time of 8 months, in the case no. 2 of 15 months and in the case no. 3 of 9 months.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias
Palavras-chave
Cães , Neoplasias meningeas , Sistema nervoso central , Meningioma , Sinais e sintomas
Citação