Treino funcional e o efeito sobre a aptidão física na funcionalidade para a qualidade de vida e perceção de dor em idosos

Data
2021-11-19
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo teve como objetivo verificar o efeito da implementação de um programa de treino funcional na aptidão física, qualidade de vida e perceção de dor numa população idosa institucionalizada. A amostra foi constituída por 19 idosos institucionalizados, acima dos 65 anos, divididos em dois grupos. O grupo de intervenção, constituído por 9 idosos (78,7±6,5anos de idade,), realizou um programa de treino funcional durante 12 semanas com uma frequência de 2 sessões semanais de volume (50 minutos por sessão), onde foi dado enfase a exercícios funcionais, marcha e equilíbrio. O grupo de controlo, constituído por 9 idosos (84,2±11,6 anos de idade), não realizou qualquer tipo de exercício físico. Foi avaliada inicialmente a aptidão física a partir da bateria de testes Sénior Fitness Test, a perceção qualidade de vida através do questionário WHOQOLBREF, e a perceção de dor através do questionário BRIEF PAIN INVENTARY. Os idosos do grupo de intervenção, obtiveram melhorias na aptidão física, nomeadamente em componentes de força de membros superiores e inferiores, na agilidade e na capacidade aeróbia, na qualidade de vida obtiveram melhoria no domínio social e ambiental, por último na perceção de dor, a perceção de dor mínima diminui bem como a sua influência. Os idosos do grupo de controlo não apresentaram alterações. Estes resultados vêm reforçar a ideia de que a implementação de um programa de treino funcional têm um impacto positivo, sendo estas variáveis fundamentais para a manutenção e melhoria da qualidade de vida e aptidão física do idoso.
The aim of this study to verify the effect of the implementation of a functional training program on physical fitness, quality of life and pain perception in an institutionalized elderly population. The sample consisted on 19 institutionalized elderly, older than 65 years, divided into two groups. The intervention group, composed by 9 elderly people (78.7 6.5 years old), performed a functional training program for 12 weeks with a frequency of 2 weekly volume sessions (50 minutes per session). The Emphasis was given to functional exercises, gait and balance. The control group, consisted by 9 elderly people (84.2 11.6 years of age), did not perform any type of physical exercise. Physical fitness was initially assessed from the Senior Fitness Test battery, quality of life perception through the WHOQOLBREF questionnaire and pain perception through the BRIEF PAIN INVENTARY questionnaire. The elderly intervention group achieved improvements in physical fitness, in particular in lower limb and lower strength components, in agility and aerobic capacity, quality of life also improved in the social and environmental field, and finally in the perception of pain, the perception of minimal pain decreases as well as its influence. The elderly in the control group did not present significant. These results reinforce the idea that the implementation of a functional training program has a positive impact, and these variables are fundamental for the maintenance and improvement of the elderly’s quality of life and physical fitness.
Descrição
Esta dissertação foi expressamente elaborado como vista á obtenção do grau de Mestre em Ciências do Desporto com Especialização em Avaliação e Prescrição na Atividade Física (2º ciclo de estudos) pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
Palavras-chave
Idosos , aptidão física
Citação