Avaliação da produtividade e qualidade das castas Gouveio e Viosinho, presentes numa vinha velha versus vinha nova, na Região Demarcada do Douro

Data
2023-05-05
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Realizou-se dois estudos comparativos, sendo estes a comparação no comportamento da casta Viosinho na parcela de vinha velha e na parcela de vinha regada, e o comportamento da casta Gouveio versus Viosinho com rega e com a mesma idade na Região Demarcada do Douro. Este ensaio decorreu durante o ciclo vegetativo de 2021 na Quinta do Monte Travesso, em Tabuaço, em parcelas jovens com idade de 7 anos e numa parcela de vinha velha com cerca de 90 anos. A avaliação do comportamento vitícola (bagoinha, desavinho, escaldão da folha e cacho) consistiu numa seleção de 30 videiras ao acaso de cada casta em cada parcela e procedeuse à sua marcação. A sua monitorização consistiu em visitas de uma vez por semana para avaliar a sua evolução de acordo com a seguinte escala: < 25%; 25 – 50 %; 50 – 75 %; > 75 %. À data de vindima, foram contados o número de cachos por videira, assim como o respetivo peso dos mesmo através de uma balança tipo dinamómetro. Para se proceder às análises bioquímicas recolheu-se três amostras de 60 bagos e analisou-se os seguintes parâmetros: pesos médios do bago, película, polpa e grainhas, açúcares totais, acidez total, composição fenólica, incluindo polifenóis totais e taninos, potássio (K), magnésio (Mg) e cálcio (Ca). Nos vinhos resultantes da vinificação das uvas das parcelas, efetuaram-se as seguintes determinações: densidade, teor alcoólico, pH, extrato seco total, acidez total, acidez volátil, acidez fixa, polifenóis totais e os catiões potássio (K), magnésio (Mg) e cálcio (Ca). Na casta Viosinho, vinha nova, concluiu-se que tinha uma maior produção (número de cachos por videira e peso das uvas por videira). A nível bioquímico, o peso médio de 1 bago foi maior na casta Gouveio assim como o teor em catião potássio, ao invés do grau brix. Para a mesma casta (Viosinho), em duas parcelas distintas, à data de vindima a parcela regada teve maior número de cachos por videira, assim como o seu peso unitário e o peso médio de um cacho. A nível bioquímico, a massa média de um bago foi maior na vinha regada. Nos vinhos, o vinho monovarietal Gouveio, obteve uma densidade a 20º C e o extrato seco total maior enquanto o teor de álcool provável e acidez volátil mais baixos. A nível de polifenóis foram similares, com uma média de 327 mg/L. Nos catiões, dos três avaliados o catião potássio foi o que teve maior representatividade.
Two comparative studies were carried out, these being the comparison of the behavior of the Viosinho variety in the old vineyard plot and in the irrigated vineyard plot, and the behavior of the Gouveio versus Viosinho variety with irrigation and at the same age in the Douro Demarcated Region. This trial took place during the 2021 growing season at Quinta do Monte Travesso, in Tabuaço, in young plots aged 7 years and in a plot of old vines aged around 90 years. The evaluation of the viticultural behavior (millerandage, coulure, leaf and bunch sunburn) consisted of a selection of 30 vines at random from each variety in each plot and proceeded to their marking. Their monitoring consisted of visits once a week to assess their progress according to the following scale: < 25%; 25 – 50%; 50 – 75%; > 75%. At the harvest date, the number of bunches per vine were counted, as well as their respective weight using a dynamometer-type scale. To carry out the biochemical analysis, three samples of 60 berries were collected and the following parameters were analyzed: average weight of the berry, skin, pulp and seeds, total sugars, total acidity, phenolic composition, including total polyphenols and tannins, potassium ( K), magnesium (Mg) and calcium (Ca). In the wines resulting from the vinification of the grapes of the plots, the following determinations were made: density, alcoholic content, pH, total dry extract, total acidity, volatile acidity, fixed acidity, total polyphenols and potassium cations (K), magnesium (Mg) and calcium (Ca). In the Viosinho variety, new vines, it was concluded that it had a higher production (number of bunches per vine and weight of grapes per vine). At the biochemical level, the average weight of 1 berry was higher in the Gouveio variety, as well as the potassium cation content, instead of the brix degree. For the same variety (Viosinho), in two different plots, at harvest date the irrigated plot had the highest number of bunches per vine, as well as its unitary weight and the average weight of a bunch. At the biochemical level, the average mass of a berry was greater in the irrigated vineyard. In the wines, the Gouveio monovarietal wine, obtained a density at 20º C and the highest total dry extract while the lowest probable alcohol content and volatile acidity. The level of polyphenols were similar, with an average of 327 mg/L. In the cations, of the three evaluated, the potassium cation was the one with the greatest representation.
Descrição
Palavras-chave
Castas , Região Demarcada do Douro
Citação