Prevalência da dirofilariose (D. immitis) em cães e gatos do distrito de Braga

Data
2018-11-16
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A dirofilariose cardiopulmonar é uma doença parasitária causada pelo nemátode da espécie Dirofilaria immitis, que é transmitido por um vetor e cujos hospedeiros definitivos são principalmente os cães, mas que também tem sido relatada noutros animais, nomeadamente nos gatos domésticos. Esta é uma doença com distribuição mundial, que tem manifestado tendências de expansão para locais previamente livres da doença e Portugal é considerado um país onde a infeção é endémica. Assim, o principal objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência e seroprevalência da infeção causada por Dirofilaria immitis em cães e gatos do distrito de Braga. No presente trabalho foram analisadas amostras de soro de 318 cães e 84 gatos, colhidas em distintas zonas do distrito de Braga. No caso dos cães, 157 eram machos e 161 eram fêmeas, de distintas raças e idades compreendidas entre os 6 meses e os 18 anos. As amostras dos cães foram testadas com recursos a um teste rápido imunocromatográfico. No que diz respeito aos gatos eram 42 machos e 42 fêmeas, também de distintas raças e idades entre os 8 meses e os 20 anos. As suas amostras foram analisadas com recurso a técnicas serológicas que visam a deteção de anticorpos anti-DiSA e anti-WSPr. Durante o período do estudo, encontrou-se uma prevalência de 0% em cães e uma seroprevalência de cerca de 8,3% (7 animais) no caso dos gatos, o que denota um aumento em relação a um estudo previamente publicado. A média de idades dos gatos positivos é de 7,1 anos, com um desvio padrão de 5,5 anos. Quanto ao género, 71,4% dos gatos positivos eram machos (5 gatos), e os restantes 28,6% eram fêmeas (2 gatos). A prevalência mais elevada, foi registada nos gatos de habitat misto (indoor/outdoor), 57,1% (4 gatos). Já a prevalência mais baixa corresponde aos gatos exclusivamente indoor (1 gato). Este estudo vem demonstrar a importância de incluir a dirofilariose cardiopulmonar na lista de diagnósticos diferenciais em gatos que habitem esta zona do país e que apresentem sinais clínicos compatíveis com a doença. Além disso, serve para sensibilizar a comunidade médico-veterinária e os tutores para esta doença, que pode ser fatal e cujos sinais clínicos são extremamente inespecíficos, especialmente em gatos.
Heartworm disease is a vector-borne parasitic disease caused by the nematode Dirofilaria immitis, whose definitive hosts are mainly dogs, but which has also been reported in other animals, particularly in domestic cats. This is a ubiquitous disease, which has manifested expansion tendencies to sites previously free of the disease and Portugal is considered a country where the infection in endemic. Thus, the main objective of this study was to determine the prevalence and seroprevalence of heartworm disease caused by Dirofilaria immitis in dogs and cats in the district of Braga. In this study, serum samples from 318 dogs and 84 cats were collected from different parts of the district of Braga. When it comes to dogs, 157 were males and 161 females, of different breeds and ages between 6 months and 18 years. The dog samples were assayed with a rapid immunochromatographic test. For cats, 42 were males and 42 females, also of different breeds and ages between 8 months and 20 years. Their samples were analyzed using serological techniques that aim the detection of anti-DiSA and antiWSPr antibodies. During the study period, there was an absence of prevalence in dogs and a prevalence of about 8.3% (7 animals) in cats, which indicates an increase if we compare it to a previously published study. The mean age of positive cats is 7.1 years, with a standard deviation of 5.5 years. As for gender, 71.4% of the positive cats were males (5 cats), and the remaining 28.6% were females (2 cats). The highest prevalence was recorded in mixed habitat cats (indoor / outdoor), 57.1% (4 cats). On the other hand, the lowest prevalence corresponds to exclusively indoor cats (1 cat). This study demonstrates the importance of including heartworm disease in the list of differential diagnoses in cats that live in this area of the country and that present clinical signs compatible with the disease. In addition, it serves to sensitize the veterinary community and tutors for this disease, which can be fatal and whose symptomatology is extremely non-specific, especially in cats.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Palavras-chave
Dirofilaria immitis , cães , gatos , prevalência , Braga
Citação