Efeito do exercício de força no subsequente exercício cardiovascular no step: estudo centrado no défice inicial de oxigénio e no dispêndio energético oxidativo

Data
2016-02-25
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do exercício de força realizado previamente, na resposta no dispêndio de energético, no défice inicial de oxigénio e na mobilização de substratos energéticos (i.e. hidratos de carbono e lípidos oxidados) durante a realização do exercício cardiovascular no step. A amostra foi constituída por 13 indivíduos voluntários do género feminino (idade =21.9±6.8 anos; estatura =160.6±0.06 cm; peso =58.8±7.48 kg; massa gorda estimada= 17.2±2.01 %; consumo máximo de oxigénio indireto (VO2max )=37.5±2.59 ml.kg-1.min-1. A amostra foi sujeita a 20 minutos contínuos de uma coreografia de step, a uma cadencia musical de 132 batimentos por minuto com a plataforma de step a 20cm de altura, precedidos ou não de 2 séries de 5 exercícios de força a 50% de 1 repetição máxima. O consumo de oxigénio (VO2) e o dióxido de carbono expirado (VCO2) foram avaliados ao longo das duas sessões de step (com e sem exercício de força prévio) e foram utilizados para o cálculo do défice inicial de oxigénio, do dispêndio energético total e da oxidação de gorduras e de hidratos de carbono. No défice inicial de oxigénio houve diferenças estatisticamente significativas com o valor mais elevado a registar-se no step precedido de exercício de força em comparação ao step (11.55±5,37 ml min-1 e 7,33±2,74ml min-1 respetivamente). Estes valores poderão estar associados ao exercício prévio de força, repercutindo-se nas diferentes fibras musculares a serem recrutadas. No dispêndio energético total não houve diferenças estatisticamente significativas entre as sessões de step. Na oxidação de hidratos de carbono e gorduras, não houve diferenças significativas sendo o valor de gorduras oxidadas mais elevado no step precedido de força levando-nos a pensar que a realização de força prévia, promoveu uma utilização mais acentuada no metabolismo lipídico provavelmente associada às concentrações de hormonas lipolíticas ou associadas ao catabolismo.
This study aimed to evaluate the effect of the strength exercise previously performed, in response to the subsequent step exercise in the total energy expenditure, in the initial oxygen deficit and in the mobilization of energetic substrates (i.e. carbohydrates and lipid fats) during the performance of the cardiovascular step exercise. The study sample consisted of 13 volunteer female individuals (age =21,9±6,8 years old; height =160,6±0,06 cm; weight =58,8±7,48 kg; estimated body fat= 17,2±2,01 %; maximal oxygen consumption (VO2max )=37,5±2,59 ml.kg-1.min-1. This sample was subjected to a 20 minute step choreography, with a musical cadence of 132 beats per minute and a step platform 25cm high, preceded or not by 2 series of 5 strength exercises to 50% of 1 maximum repetition. The oxygen consumption (VO2) and the expired carbon dioxide (VCO2) were monitored during the two step sessions (with and without previous strength exercise) and these values were used to calculate the initial oxygen deficit, the total energy expenditure and oxidation of fats and carbohydrates. In the initial oxygen deficit there were significant statistic differences with the highest value in the step preceded by strength, when comparing to the step (11,55±5,37 ml min-1, and 7,33±2,74ml min-1 respectively). These values might be associated to the previous strength exercise, reflecting itself in the different muscular fibers needed. In the total energy expenditure there are no significant differences between the two step moments. In the oxidation of carbohydrates and fats there were no significant differences. However the value of oxidized fats is higher in the step preceded by strength. It might show us that the strength previously performed promoted a higher use in the lipid metabolism probably associated to the concentration of lipolytic hormones or associated to catabolism.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto, Especialização em Avaliação e Prescrição na Atividade Física
Palavras-chave
Step , Força , Oxidação , Hidratos de carbono , Gorduras , Défice de oxigénio , Dispêndio energético
Citação