Sistemas de aproveitamento de águas pluviais para utilizações domésticas: caso de estudo

Data
2015-10-19
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A água é um recurso muito valioso, que é essencial para a preservação de qualquer forma de vida. No entanto, o Homem trata-a como um bem inesgotável, utilizando-a frequentemente de forma irracional. Atualmente, o nosso planeta enfrenta graves problemas no sector da água, que se podem agravar se não forem tomadas medidas. Neste enquadramento, surgem os Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais (SAAP), que são uma das medidas para a conservação da água e uma das alternativas para combater a sua escassez. O presente trabalho incidiu sobre a viabilidade técnicoeconómica para a implementação de um Sistema de Aproveitamento de Águas Pluviais, para fins não potáveis (descarga de autoclismos e urinóis), num edifício do Campus da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Vila Real. Neste estudo, prevê-se que as águas pluviais sejam recolhidas na cobertura do edifício, na varanda e no pavimento exterior, o que perfaz uma área de captação de 4888,5 m2, resultando um volume anual de águas pluviais suscetível de ser aproveitado, de 6476,84 m3. Este valor é 6,8 vezes superior ao consumo estimado de autoclismos e urinóis, o que significa que a precipitação é mais do que suficiente para a conceção do sistema alvo deste trabalho. Os resultados deste estudo indicam que a execução de um reservatório de 80 m3 será capaz de reduzir o consumo de água, em autoclismos e urinóis, em cerca de 90,95 a 94,82 %. Para além disso, a execução deste sistema irá permitir uma redução do valor das faturas de água em cerca de 2475,26 a 2580,58 €/ano, sendo o retorno do investimento obtido decorridos 14 a 15 anos, aproximadamente. Em suma, a implementação de SAAP produz reduções do consumo de água nos edifícios, que se traduzem em poupanças económicas bastante significativas. Para além das vantagens económicas, estes sistemas apresentam, ainda, inúmeras vantagens do ponto de vista ambiental e social.
Water is a very valuable resource, essential to the preservation of any life form. However, mankind treats it as an inexhaustible good, using it too often under an irrationalway. Today, our planet is facing severe problems concerning water that can get worse if the appropriate measures aren’t taken.Thus, Rainwater Harvesting Systems (RHS) occur, which are one of the measures for the preservation of water and one of the alternatives for fighting its scarceness. This work is focused on the technical and economical feasibility of a rainwater collecting system for non-drinkable ends, such as toilet flushing and urinals in a building of the Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro campus, in Vila Real.Rainwater will be collected in the roof of the building, in the balcony and in the open deck, amounting to a collection area of 4888.5m2, resulting in a yearly volume of rainwater liable to be collected for non-drinkable purposes of 6476.84m3. This figure is 6.8 times higher than the estimated use of toilet flushing and urinals, which means rainfall provides more than enough for the implementation of the proposedrainwater collecting system.The results of this study show that the execution of an 80m3 reservoir would be able to reduce water consumption in toilet flushing and urinals in between 90.95% and 94.82%.Furthermore, the execution of such a system will allow a reduction in water invoices in about €2475.26 to €2580.58, with a return of investment taking 14 to 15 years, approximately. In short, the implementation of a rainwater collecting system reduces water consumption in buildings, which translates to quite significant economy sparing. Besides the economic ones, these systems also have several environmental and social advantages.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil
Palavras-chave
Recursos hídricos , Sistema de aproveitamento de águas pluviais
Citação