A escola e a intervenção nos maus tratos

Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A medida política educativa Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) foi reformulada através do Despacho Normativo n.º 55/2008, que visava introduzir equipas multidisciplinares, incluindo os assistentes sociais, com o intuito de auxiliar a escola na resolução dos problemas sociais vividos pelos alunos. É na escola que as crianças e jovens passam a maior parte do seu dia, arrastando para esta instituição a realidade dos contextos em que estão inseridas. Estas realidades passam, na maioria das vezes, por problemas sociais que têm consequências graves e que perduram durante todo o seu desenvolvimento enquanto seres humanos, como é o caso dos maus tratos a crianças e jovens. Assim, o problema de pesquisa aborda o processo de sinalização de casos suspeitos de maus tratos por parte dos diretores de turma nas escolas. Os objetivos passam por apreender os sinais que, para os professores, correspondem a possíveis casos de maus tratos; conhecer a atuação dos professores mediante a suspeição de uma situação de maus tratos; compreender quando é que os professores solicitam a colaboração/intervenção da assistente social da escola, e por fim, compreender a relevância da existência de formação específica relativamente aos maus tratos na formação profissional dos professores. Considerando estes objetivos, foram realizadas catorze entrevistas a professores, num agrupamento de escolas TEIP, que no presente ano letivo ou nos anteriores, já tiveram casos de maus tratos nas direções de turma. Dos resultados obtidos ressalta-se que, apesar das relações entre os professores e a assistente social do agrupamento de escolas onde decorreu a investigação ser muito positiva, os professores não recorrem imediatamente a esta profissional após a perceção da existência de uma hipotética situação de maus tratos e ainda que existe uma lacuna na formação profissional dos professores direcionada para os maus tratos. Estas e outras descobertas, discutidas à luz da literatura, levam a uma reflexão sobre o impacto dos maus tratos na escola e a importância da atuação do assistente social nesta problemática.
Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) is a social measure redesigned through the Legislative Order No 55/2008. This measure’s goal was to introduce multidisciplinary teams, including social workers, in a way to help the school dealing with social problems their students were facing. Kids and young adults spend most of their time in school, dragging to this institution the reality of their lives. These realities are, most of the times, social problems that have serious consequences and last throughout their development as human beings, such as maltreatment and child abuse. Thus, the research problem covers the identification process in suspected cases of maltreatment by the class directors. The goals are learning which kind of signs raise a red flag for teachers when it comes to suspected maltreated cases; get to know teachers’ behavior in cases where there is a suspicion of abuse; understanding when teachers ask for social worker’s assistance; and last but not least, learning the importance of specific training in relation to maltreatment and child abuse on teachers’ professional education. Taking into account these goals fourteen teachers, that had previous experiences with maltreatment cases in their classroom, were interviewed in a TEIP School Group. The results show that, even though teachers and social workers have a very positive relationship in these school group, teachers are not seeking these specialized workers right away after the identification of a potential maltreatment/ child abuse case and, there is still a gap in their professional training when it comes to abuse and neglect cases. These and other findings are discussed throughout this document taking us into a reflection about the impact of maltreatment and child abuse on our schools and the importance of social workers in this issue.
Descrição
Dissertação de mestrado apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, como requisito para a obtenção do grau de Mestre em Serviço Social.
Palavras-chave
Maus tratos , Escola
Citação