Estudo retrospetivo sobre a brucelose dos pequenos ruminantes na área de intervenção da OPP Monção Melgaço

Data
2016-02-26
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A brucelose é uma doença que pode afetar vários animais incluindo o Homem, sendo, por isso, uma doença zoonótica. Neste momento, é uma das zoonoses com maior impacto em Portugal, existindo anualmente vários casos reportados em Humanos. A infeção é contraída maioritariamente por contacto com animais infetados ou com os seus produtos. Hoje em dia, a brucelose encontra-se muito mais controlada do que no período anterior ao início dos planos de erradicação e controlo a nível mundial, nacional e local. Com este trabalho, foi possível caraterizar a área de Monção e Melgaço no Norte de Portugal, calculando as prevalências animais e de rebanho da brucelose dos pequenos ruminantes, para cada ano. No decorrer do estudo, foram observados vários comportamentos e fatores de risco existentes na área, que poderão, em caso de surto epidémico, levar a um aumento do número de casos quer em animais quer em Humanos. Em termos retrospetivos, a área em estudo não é uma área problemática para a brucelose, sendo as prevalências analisadas num período de 11 anos sempre baixas (2004, 2009, 2010, 2013 e 2014) ou nulas (2005, 2006, 2007, 2008, 2011, 2012).
Brucellosis is a disease that can affect various animals including Humans. Therefore, is a zoonotic disease. Currently is one of the zoonosis with greatest impact in Portugal, registering annualy several cases in Humans. The infection is usually contracted by contact with infected animals or infected animal products . Today, brucellosis is much more controlled locally, nationally and globally than in the period before the beginning of the erradication and control plans. In this work the area of Monção and Melgaço in the North of Portugal was analyzed by calculating the individual and flock prevalence of brucellosis in small ruminants, for a period of eleven years. During the study, several behavior and risk factors were observed in the area which can, in case of an epidemic outbreak, lead to an increase in the number of cases in animals and in humans. Retrospectively the study area is not a problematic area for brucellosis, and the prevalence in the 11 years under review were low (2004, 2009, 2010, 2013 and 2014) or nule (2005, 2006, 2007, 2008, 2011, 2012).
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Doenças dos animais , Brucelose , Distrito de Viana do Castelo (Portugal) , Caprino , Doença infecciosa , Ovino , Zoonose
Citação