Docência, desporto e autarquia, Celorico a Mexer: caracterização do perfil dos estados de humor (POMS) em idosos com prática regular de exercício físico

Data
2016-09-21
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A presente dissertação surge da necessidade de enriquecer e complementar conhecimento, tendo por base o plano da recomendação do CRUP, na Universidade de Trás os Montes e Alto Douro, no ciclo de estudos conducentes ao grau de Mestre, no ensino da Educação Física nos ensinos básicos e secundários. A sua concretização visa documentar e ilustrar as atividades desenvolvidas ao longo do percurso profissional, dando principal enfase ao ano letivo 2013/2014, nas várias vertentes do desempenho das minhas funções. Numa primeira parte desta dissertação, fazemos uma apresentação da minha intervenção profissional no Município de Celorico de Basto e nas Piscinas da Lousada SÉC. XXI, ou seja, na Área da Docência, do Desporto e no Projeto da 3.ª Idade (Celorico a Mexer), através de uma análise critica e reflexiva de todo o processo. Na segunda parte, é apresentado um artigo sobre Idosos, em que o objetivo é caracterizar o Perfil dos Estados de Humor (POMS) em idosos com prática regular de exercício físico. Pretende-se ainda verificar de que forma a perceção do estado de saúde influencia o POMS e se há diferenças entre ambos os sexos quer na perceção de saúde quer no POMS. A pesquisa contou com uma amostra de 279 idosos (237 do sexo feminino e 42 do sexo masculino), com idades compreendidas entre os 65 e 92 anos, todos praticantes ativos de exercício físico. Para avaliar o estado de humor, foi utilizado o questionário POMS, versão reduzida, validada para a população portuguesa por Viana et al (2001), e que considera variáveis positiva (Vigor), negativas (Tensão, Depressão, Hostilidade, Fadiga e Confusão) e Perturbação Total de Humor. Utilizamos também um questionário de Anamnese, de forma a estimar, como consideram os idosos o seu estado de saúde. Os resultados deste estudo, evidenciaram que em média, os idosos apresentavam valores mais baixos nas variáveis negativas e mais altos na variável positiva (Vigor). Relativamente ao sexo, os homens comparativamente às mulheres, apresentaram valores estatisticamente significativos mais elevados, na saúde atual, na relação Idade/Saúde e no Vigor. As mulheres apresentam valores mais elevados na Tensão, Depressão, Hostilidade, Fadiga e na Perturbação Total de Humor. Constatamos também que a variável Idade está associada negativamente à saúde atual e com o vigor, e positivamente com a escala da Depressão, Fadiga, Confusão e Perturbação Total de Humor. No que concerne à perceção da Saúde Atual, verifica-se que está positivamente associada à comparação da saúde dos idosos com outros indivíduos da mesma idade (Idade/Saúde) e com o Vigor, e inversamente associada à Tensão, Depressão, Hostilidade, Fadiga, Confusão e Perturbação Total de Humor. No que diz respeito à comparação da sua saúde com a dos outros indivíduos da mesma idade, os resultados revelam que quanto maior esta for, maior é o Vigor e menor é a Depressão, a Fadiga, a Confusão e a PTH. Podemos concluir que o hábito de praticar exercícios físicos, permite ao idoso uma maior independência, autonomia física e psicológica que influenciam positivamente o seu estado de humor. Ao concluir esta dissertação, pude constatar que a minha prática profissional tem vindo a ser determinante na minha formação enquanto professora, sendo também, um excelente instrumento de complementação teórico prática adquirida durante os principais passos enquanto profissional do mundo do Desporto. Contudo, deve ser visto apenas como início de um longo trajeto de crescimento profissional, sendo nosso dever enquanto professores procurar o conhecimento e a melhoria constante da nossa prática.
This dissertation arises from the need to enrich and supplement knowledge, based on the recommendation of the CRUP plan, in the University of Trás os Montes e Alto Douro, in the course that leads to the degree of Master in teaching of physical education in the basic and secondary teaching. Its implementation aims to document and illustrate the activities along the professional career, emphasizing the school year 2013/2014, in the different tasks of my performance. Firstly we make a presentation of my professional intervention in the city of Celorico de Basto and Pools of Lousada, century. XXI, in the area of Teaching, Sports and the Project of the 3rd Age (Celorico a Mexer), through a critical analysis and reflective of the whole process. The second part presents an article about Elderly that characterize the Profile of Mood States (POMS) in elderly patients with regular physical exercise. Another goal of this article is to verify how the perception of health status influences the POMS and whether there are differences between the gender either in health perception or in POMS. The study uses a sample of 279 elderly people (237 females and 42 males), aged between 65 and 92 years old, all active practitioners of physical exercise. To assess the mood, was used the POMS questionnaire, reduced version, validated for the portuguese population by Viana et al (2001), that considers positive variable (Strength), negative variables (Stress, Depression, Hostility, Fatigue and Confusion) and Total Disruption of Mood. Was also used an Anamnese questionnaire, in order to estimate as the elderly consider their health. The results showed that on average the elderly had lower values in the negative variables and higher in positive variable (Strength). About gender, men compared to women had statistically higher values in the current health, relationship between age and health and strength. Women have higher values in Tension, Depression, Hostility, Fatigue and Total Disruption of Mood. We also note that the variable Age is negatively associated with the Current Health and Strength, and positively with the scale of the Depression, Fatigue, Confusion and Total Disruption of Mood. About the perception of the Current Health, it seems like is positively associated with comparing the health of older people with other individuals of the same age (Age/Health) and the Strength, and inversely associated with Stress, Depression, Hostility, Fatigue, Confusion and Total Disruption of Mood. With respect to the comparison of their health with other individuals of the same age, the results show that the larger the greater is the Strength and the lower the Depression, Fatigue, Confusion, and Total Disruption of Mood. We can conclude that the habit of exercising, allows the elderly to be more independent, to have physical and psychological autonomy and this cause a positively influence in their mood. Upon completion of this dissertation, I found that my work experience has been crucial in my training as a teacher and it is also an excellent tool to complement theoretical practice gained during the key steps as a professional of the Sports World. However, it should be seen only as the beginning of a long way of professional growth, and our duty as teachers is to seek knowledge and the constant improvement of our practice.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Exercícios físicos , Idosos , Professores , Treinadores , Humor , Saúde
Citação