Estudo comparativo de métodos de avaliação morfométrica do fémur

Data
2022-02-24
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O estudo morfométrico do fémur é essencial no diagnóstico de deformidades angulares que afetam este osso e posteriormente no seu tratamento, nomeadamente no planeamento pré-cirúrgico de osteotomias corretivas. A importância do estudo da morfologia do fémur, é justificada pelo facto de deformidades angulares como torção ou varus femoral estarem associadas a problemas ortopédicos, com elevada prevalência, como luxação patelar ou displasia da anca. O diagnóstico de deformidades angulares depende de uma avaliação objetiva do osso ou ossos afetados. O método CORA, centro de rotação e angulação, permite classificar, planear a correção e corrigir com rigor deformidades ao nível dos ossos longos, utilizando imagens obtidas através de meios de diagnóstico imagiológico como o exame radiográfico, a tomografia computorizada e a ressonância magnética. Segundo este método, o diagnóstico de deformidades angulares é feito medindo os ângulos orientadores das articulações, proximal e distal, do osso afetado. De seguida, os valores obtidos são comparados com os valores medidos a nível do osso do membro contralateral (no caso deste não apresentar nenhuma deformidade) ou com os valores de referência medidos para a espécie ou preferencialmente para a raça. Com o objetivo de assegurar o rigor no diagnóstico de deformidades angulares é essencial que seja avaliada a exatidão e precisão (através do cálculo da repetibilidade e reprodutibilidade) do método/protocolo a ser usado. Nesta dissertação é efetuado um estudo comparativo entre três métodos diferentes de diagnosticar deformidades angulares no plano frontal do fémur, com o objetivo de testar a exatidão de um novo método que usa imagens obtidas através de tomografia computorizada e tem por base um software de estudo morfométrico semiautomático do fémur. Em todos os protocolos são medidos cinco ângulos, aLDFA, aLPFA, mLDFA, mLPFA e AVF e através do teste estatístico Bland-Altman é testado o grau de concordância entre os diferentes métodos de diagnóstico. Tendo em conta os resultados obtidos é possível concluir que não existe concordância entre os dois métodos de diagnóstico imagiológico, neste caso, exame radiográfico e tomografia computorizada. E para além disso, no caso de imagens obtidas por tomografia computorizada não se verificou concordância entre o software de processamento DICOM, HOROSTM, versão 3.3.6, © 2020 Horos Project (software já existente no mercado e já usado previamente por vários cirurgiões) e o software de estudo vi morfométrico semiautomático do fémur (software em desenvolvimento, no qual, ainda é preciso testar a precisão e exatidão do mesmo).
The morphometric evaluation of the femur is essencial in the diagnosis of angular deformities, as well as, in the pre-surgical planning of corrective osteotomies. The importance of studying the morphology of the femur is justified by the fact that angular deformities, such as femoral torsion and varus are associated with highly prevalent orthopaedic problems, like patellar luxation and hip dysplasia. The diagnosis of angular deformities depends on an objective evaluation of the affected bones. The CORA method (center of rotation and angulation) allows the classification, pre-surgical planning, and correction of long bone deformities, using images obtained through diagnostic imaging techniques such as radiography, computed tomography and magnetic resonance. According to this method, the diagnosis of angular deformities is based on measuring the proximal and distal, joint orientation angles, of the affected bone. Then, the values obtained are compared with the ones measured at the level of the contralateral bone (if the contralateral limb has no deformity), or with the reference values measured for the species or ideally for the breed. In order to validate a diagnostic method, it is essential to ensure its accuracy and precision (through the verification of its repeatability and reproducibility). In this dissertation, a comparative study between three different methods of diagnosing angular deformities in the frontal plane of the femur is carried out. The aim of this study is testing the accuracy of a new method that uses images obtained by computed tomography and is based on a semi-automatic software for femoral morphometric study. In all three methods, five angles are measured, aLDFA, aLPFA, mLDFA, mLPFA and AVF, and the agreement between the different diagnostic methods is assessed through the Bland-Altman statistical test. Considering the results, it is possible to conclude that there is no agreement between the two diagnostic imaging techniques (TC and radiography). Furthermore, for images obtained by computed tomography, there was no agreement between the DICOM processing software, HOROSTM, version 3.3.6, © 2020 Horos Project (software already on the market and used by several surgeons successfully) and the semi-automatic software for femoral morphometric study (software in development, in which it is still necessary to test its precision and accuracy for its validation).
Descrição
Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Fémur , Cão
Citação