Efeitos de um aditivo à base de β-glucanos administrado na dieta peri-parto das porcas sobre a composição do colostro e peso dos leitões

Data
2023-06-21
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Um dos desafios da suinicultura na União Europeia é a redução do uso de antibióticos durante a produção dos animais. Para que se cumpram as metas propostas nesta área, a estratégia chave é prevenir o aparecimento de doenças. O melhoramento da imunidade do leitão deve ser um objetivo concretizado através da melhoria da composição do colostro e da promoção da sua ingestão por parte dos leitões recém-nascidos. Alguns aditivos utilizados nas dietas das porcas têm apresentado resultados otimistas na melhoria do colostro. Devido à sua ação estimulante sobre a resposta imunitária, tanto específica quanto não específica, os β-glucanos têm despertado enorme interesse na produção animal, devido à sua capacidade de reduzir os efeitos de doenças e do stress. O objetivo deste estudo foi determinar se um suplemento à base de β-glucanos administrado, em top feeding, na dieta de lactação da porca, tem influência na qualidade do colostro, no peso dos leitões e na mortalidade durante a lactação. Um total de 37 porcas (Large White puras) foram divididas em 2 grupos experimentais: grupo “Controlo” e grupo do “Aleta” com β-1,3-glucanos (Aleta™), 10 g/porca, dia, administrado desde a entrada das porcas na maternidade até ao desmame. Em ambos os grupos mediram-se as concentrações de imunoglobulinas (Ig) G e A no colostro, através do teste ELISA e cruzaramse estes dados com os resultados de densidade do colostro, por medição do grau Brix através de um refratómetro Brix. Foram realizadas pesagens dos leitões ao nascimento, às 24 horas de vida, aos 21 dias e aos 28 dias. Para qualquer dos parâmetros em avaliação, não se verificaram diferenças estatísticas significativas (P>0,05). Contudo, deve-se destacar que, na homogeneização do peso das ninhadas: as do grupo Aleta apresentavam menos 1,4kg que o grupo controlo, apesar da aleatoriedade na distribuição das porcas pelos tratamentos experimentais. Contudo, aos 21 dias, esta situação inverte-se, uma vez que as ninhadas Aleta apresentaram mais 3,6kg. Destaca-se também, a menor taxa de mortalidade no grupo Aleta durante a lactação (4,7% vs. 8,2%). O grau Brix e a concentração de IgA no colostro foram semelhantes, entre grupos. Mas a concentração de IgG no grupo Aleta foi superior ao do grupo Controlo. Contudo, sem evidência estatística.
One of the challenges of pig farming in the European Union is to reduce the use of antibiotics during animal production. In order to meet the goals proposed in this area, the main strategy is to prevent the appearance of diseases. Improving piglet immunity canbe achieved by improving colostrum quality and promoting its intake by the newborn piglets. Some additives used in sow diets have shown optimistic results in colostrum improvement. Due to their stimulating action on the immune response, both specific and non-specific, βglucans have aroused enormous interest in animal production, due to their ability to reduce the effects of diseases and stress. The aim of this study was to determine if a supplement based on β-glucans, administered in top feeding, in the sow's lactation diet has an influence on colostrum quality, piglet weight and mortality during lactation. A total of 37 sows (Large White purebred) were divided into two experimental groups: control group and additive group with β-1,3-glucans (Aleta™), (10 g/sow/day), administered from the sow’s entry into the farrowing room until weaning. In both groups, the concentrations of immunoglobulins (Ig) G and A in the colostrum were measured using the ELISA test and compared with the colostrum density using a refractometer by measuring the Brix degree. Piglets were weighed at birth, at 24 hours of life, at 21 days and at 28 days. For any of the parameters under evaluation, there were no statistically significant differences (P>0.05). However, the homogenization of litter weight should be highlighted: those in the Aleta group were 1,4 kg less than the control group. However, at 21 days, this situation was reversed, as the Aleta litters weighed more than 3,6 kg. Also stands out the lower mortality rate during lactation in the Aleta group (4,7% vs. 8,2%). The Brix degree and the IgA concentration in the colostrum were similar between groups. But the IgG concentration in the Aleta group was higher than the Control group. However, without statistical evidence.
Descrição
Palavras-chave
β-glucanos , colostro
Citação