Relação entre orientações motivacionais e atitudes desportivas em jovens futebolistas

Data
2014-05-13
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Com a presente investigação objetivou-se: i) analisar a relação entre as orientações motivacionais e as atitudes (anti)desportivas; ii) analisar o efeito das variáveis idade e anos de experiência desportiva nas orientações motivacionais e nas atitudes (anti)desportivas; iii) comparar os níveis de orientações motivacionais e de atitudes (anti)desportivas em função do escalão e do nível competitivo (regional vs. nacional); e, iv) analisar o efeito das pressões de distintos agentes sociais (pais/família, treinadores, colegas de equipa e amigos) nas orientações motivacionais e nas atitudes (anti)desportivas. A amostra foi constituída por um total de 118 atletas masculinos federados da região de Viseu, com uma média de idades de 14.68 ± 2.16 anos, tendo idades compreendidas entre os 11 e os 19 anos de idade. Os principais resultados do presente estudo permitiram concluir que a orientação para a tarefa favorece uma maior manifestação de atitudes desportivas e uma menor demonstração de atitudes anti-desportivas, enquanto a orientação para o ego promove efeitos inversos. À medida que os jovens atletas envelhecem, há uma maior tendência para adotar uma maior orientação para o ego e demonstrar atitudes antidesportivas. Os atletas do escalão sub-19 revelaram um perfil elevado quer de orientação para a tarefa, quer de orientação para o ego, enquanto os atletas que participam em competições nacionais reportaram níveis inferiores de orientação para a tarefa e de manifestação de atitudes desportivas. Embora as pressões de todos os agentes de socialização promovam nos atletas uma maior concordância em demonstrar atitudes antidesportivas, os treinadores evidenciaram-se como as principais de fontes de pressão que promovem nos atletas maiores níveis de orientação para o ego e menores níveis de orientação para a tarefa e atitudes desportivas. De igual modo, as pressões dos pais/família favorecem uma maior orientação para o ego, enquanto as pressões dos amigos conduzem a menores níveis de atitudes desportivas.
Relationship between achievement goals and sportsmanship attitudes young soccer players. The present study aimed to: i) analyze the relationship between motivational orientations and sportsmanship attitudes; ii) analyze the effects of age and years of sports’ experience on motivational orientations and sportsmanship; iii) compare levels of achievement goals and sportsmanship according to the age levels and competitive level (regional vs. national); and, iv) analyze the effects of pressures from different social agents (parents / family, coaches, teammates and friends) on motivational orientations and sportsmanship levels. The sample consisted of 118 male soccer athletes from the region of Viseu, with a mean age of 14.68 ± 2.16 years, and with ages between 11 and 19 years. The main results of this study showed that the task orientation favors a greater manifestation of sportsmanship and a smaller demonstration of antisocial attitudes, while ego orientation promotes the opposite effect. As young athletes age, there is a greater tendency to adopt a greater focus on the ego and demonstrate unsportsmanship attitudes. Sub 19 athletes revealed a high profile of either quit task ego orientation, while athletes competing in national competitions reported lower levels of task orientation and expressions of pro- social attitudes. Although pressures from all agents of socialization in athletes promote greater consistency in demonstrating unsportsmanship attitudes, coaches showed up as the main sources of pressure on athletes that promote higher levels of ego orientation and lower levels of task orientation and pro-social sport attitudes. Similarly, pressures from parents / family foster ego orientation, while peer pressure lead to lower levels of sportsmanship.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Futebol , Jovens , Motivação , Atitudes , Ética , Fair-play
Citação