Avaliação do dispêndio energético aeróbio no exercício de step. Avaliação por calorimetria indireta e por equação preditiva

Data
2014-05-14
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho teve como objetivos (i) avaliar o dispêndio energético (DE) de uma aula de step com 20 minutos de duração, (ii) comparar o DE avaliado de forma direta através de um analisador de gases com o DE avaliado de forma indireta através de uma equação preditiva e (iii) identificar se a avaliação do DE indireto poderá ser um instrumento adequado neste modo de exercício cardiovascular. A amostra do estudo foi constituída por 13 indivíduos voluntários do género feminino (idade= 21.9 ± 6.08 anos; estatura=160.6 ± 0.06 cm; peso=58.8 ± 7.48 kg e massa gorda estimada=17.2 ± 2.01 %) que realizaram uma sessão de step de 20 minutos a uma cadência musical de 132 bpm e com 20 cm de altura, avaliando continuamente a frequência cardíaca (FC), consumo de oxigénio (VO2), produção de dióxido de carbono (VCO2), e a ventilação pulmonar (VE). As variáveis estudadas foram o VO2 relativo, o VO2 absoluto, o DE (kcal/min) e o DE durante 20 minutos (kcal/min). Os resultados obtidos revelaram que a amostra apresentou um DE avaliado de forma direta num valor médio de 9.74±1.21 kcal/min. Na comparação entre as duas formas de avaliação do DE (direta e estimada) verificaram-se diferenças estatisticamente significativas em todas as variáveis estudadas. O VO2 relativo estimado durante 20 minutos foi de 29.8505±0.00 (ml.-1kg.min.-1), e do DE estimado foi de 176.00±22.20 kcal/min. O DE e o VO2 relativo avaliado de forma direta durante 20 minutos foi de 194.98±24.22 kcal/min e 33.1858±4.97(ml.-1kg.min.-1), respetivamente. A equação preditiva subestimou o DE nesta população. Apesar das diferenças encontradas, a utilização da equação poderá ser um bom instrumento para o cálculo do DE neste modo de exercício. Através do DE avaliado de forma direta verifica-se que este modo de exercício e esta rotina coreográfica realizada durante 60 minutos poderá ser atingido um DE de 584±72.66 kcal.
This study aimed to (i) identify the energy expenditure (DE) in a step aerobics session during 20 minutes, (ii) compare the energy expenditure measured directly through a gas analyzer with the expenditure analysed indirectly through a predictive equation and (iii) identify whether the indirect assessment of DE will be an appropriate tool in this cardiovascular exercise. The sample comprised 13 voluntary female individuals (age = 21.9 ± 6.08 years, height = 160.6 ± 0.06 cm, weight = 58.8 ± 7.48 kg and estimated fat mass = 17.2 ± 2.01%) who performed a step aerobics 20 minutes session at a cadence of 132 bpm and at bench heights of 20 cm, assessing continuously the heart rate (HR), the oxygen consumption (VO2), the dioxide carbon production (VCO2), and the pulmonary ventilation (VE). The variables studied were the relative VO2, the absolute VO2, DE (kcal / min) for 20 minutes and DE (kcal / min). The results showed that the sample had a DE evaluated directly by an average value of 9.74 ± 1.21 kcal / min. There were statistically significant differences in all variables comparing the two forms of assessment DE (direct and estimated). The VO2 relative estimated for 20 minutes was 29.8505 ± 0.00 (ml.-1kg.min.-1), and DE estimated was 176.00 ± 22.20 kcal / min. The DE and VO2 relative evaluated directly for 20 minutes were 194.98 ± 24.22 kcal / min and 33.1858 ± 4.97 (ml.-1kg.min.-1), respectively. The predictive equation downplayed the DE in this population. Despite the differences, the use of the equation may be a useful tool for calculating the DE in this exercise. Through the DE evaluated directly we show that in this kind of exercise and with this choreographic routine performed during 60 minutes can be achieved a DE of 584 ± 72.66 kcal.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Step , Dispêndio energético , Intensidade do exercício , Equações preditivas
Citação