Causas de abandono e insucesso escolar: comparação entre a realidade açoriana e continental

Data
2013
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O estudo teve como principal objetivo identificar e comparar o efeito dos diversos fatores no abandono e/ou insucesso escolar dos alunos e identificar as diferenças entre as causas do insucesso escolar observadas nas escolas de Portugal Continental e no Arquipélago dos Açores. Este contou com a participação de 206 sujeitos, do 3º ciclo do ensino básico, com idades compreendidas entre os 13 e 19 anos e que contam com pelo menos uma retenção no seu percurso escolar. A estes foi aplicado um inquérito de caráter quantitativo, que se encontrava dividido em duas partes em que a primeira pretendia recolher os dados biográficos dos alunos, das suas famílias e a sua situação escolar; a segunda parte pretendia recolher a opinião dos alunos sobre as causas do seu insucesso escolar. A maioria dos sujeitos apresentou um baixo nível socioeconómico, identificável pelo número de indivíduos submetidos ao apoio social escolar e pela baixa escolaridade dos pais. Verificou-se ainda que existia uma elevada percentagem de “consumo esporádico” de bebidas alcoólicas (48% nos Açores e 43% no Continente) e um consumo de drogas superior no Continente (com 20%) comparativamente aos Açores (com 13%). Verificamos ainda que foi no 5º ano, ou anterior, (n=34, no grupo 1 e n=59, no grupo 2) e no 7º ano do ensino básico (n=57, no grupo 1 e n=44, no grupo 2) que se verificam o maior número de reprovações. O insucesso escolar dos irmãos parece exercer também algum peso no assunto, com percentagens na ordem dos 57% nos Açores e de 44% no Continente. Por último, um número razoável de indivíduos já pensou em abandonar a escola com valores de 34% e 20% nos Açores e Continente, respetivamente. Segundo os alunos o “não gostar da escola”, a “vontade ou necessidade de trabalhar”, a “distância da casa à escola”, a “complexidade das matérias” e a “descrença sobre o futuro profissional” são dos pontos que mais promovem esses pensamentos.
This study's main goal was to identify and compare the effect of various factors on the abandonment and/or academic failure of students, as well as to identify the differences between the causes of school failure observed in Mainland Portugal and the Azores Islands. This study included the participation of 206 individuals from the 3rd cycle of basic education, aged between 13 and 19 years old and who have been held back at least once in their academic pathway. To these students we applied a quantitative survey, which was divided into two parts. The first part intended to collect biographic data from the students, their families and their school situation; the second part planned on gathering students opinions about the causes of their academic failure. Most individuals had a low socioeconomic status, identifiable by the number of individuals benefiting from social support and by low parental education. It was also found that there was a high percentage of “sporadic drinking” of alcoholic drinks (48% in Azores and 43% in Mainland) and a higher drug abuse rate at Mainland (with 20%) when compared to Azores (with 13%). We also found that was in the 5th year, or even earlier (n=34, at group 1 and n=59, at group 2) and the 7th year of basic education (n=57, at group 1, and n=44, at group 2) that the highest number of school failures takes place. The school failure of brothers also seems to exert some weight in the matter, with percentages of around 57% in the Azores and 44% in Mainland. Finally, a reasonable number of individuals have thought about leaving school with values near 34% and 20% in the Azores and Mainland, respectively. According to the students, their “dislike of school”, the “will or need to work”, the “distance from home to school”, the “complexity of school subjects” and the “disbelief in their professional future” are some of the aspects that promote the school dropout thoughts.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física dos Ensino Básico e Secundário
Palavras-chave
Insucesso escolar , Abandono dos estudos , Retenção , Fatores de insucesso
Citação