Abordagem clínico-epidemiológica e prevenção da infeção pelo vírus da imunodeficiência felina (FIV) e pelo vírus da leucemia felina (FeLV)

Data
2023-02-08
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
As retroviroses, dispersas por todo o mundo, continuam a exercer uma grande importância na nossa rotina, especialmente em Portugal, uma vez que, ainda existem elevadas taxas de infeção. Desta forma, com base nos casos clínicos observados, serão abordadas duas doenças infeciosas que afetam os felinos nomeadamente: o vírus da leucemia felina (FeLV) e o vírus da imunodeficiência felina (FIV). Neste estudo, recolheram-se dados do Hospital Veterinário de Trás-os-Montes (HVTM), em Portugal continental, da Clínica Veterinária de São Gonçalo (CVSG), na ilha de São Miguel, no arquipélago dos Açores, e do Hospital Veterinário Champ du Roi (HVCDR), na Bélgica, de um total de 34 gatos. Em termos estatísticos, os resultados adquiridos, em relação à ocorrência obtida pelos kits rápidos, foram de 38,2% (13/34) para o FeLV, 58,8% (20/34) para o FIV e 2,9% (1/34) FIV e FeLV. Para além disso, notou-se que a maioria dos gatos com FIV eram machos (85,0%). Neste estudo também se observou uma associação estatisticamente significativa entre ser FIV positivo e ser adulto (p=0,043). Resumindo, a necessidade de implementação de medidas preventivas é de valor para que haja uma diminuição destas retroviroses, através da realização de testes imunocromatográficos, de vacinação, de isolamento, e, eventualmente, eutanásia de gatos positivos.
The retroviruses, spread all over the world, continue to exert a great importance in our routine, especially in Portugal since there are still high rates of infection. Therefore, based on clinical cases observed, two infectious diseases that can affect felines, will be addressed, namely: feline leukemia virus (FeLV) and feline immunodeficiency virus (FIV). In this study, data were collected from the animal hospital of Trás-os-Montes (HVTM), Portugal, from the veterinary clinic of São Gonçalo (CVSG), in the Azores islands, and the animal hospital of Champ du Roi (HVCDR), in Belgium, from a total of 34 cats. Statistically, the results acquired, regarding the occurrence obtained by the rapid test kits, were 38.2% (13/34) for FeLV, 58.8% (20/34) for FIV, and 2.9% (1/34) for FIV and FeLV infection. Furthermore, it was stated that most of the cats with FIV were male (85.0%). In this study, a statistically significant association was observed between being FIV positive and being an adult (p=0,043). In summary, the need for the implementation of preventive measures is of value so that a decrease of these retroviruses can happen, through immunochromatographic testing, vaccination, isolation, and, eventually, euthanasia of positive cats.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Gatos , Retrovírus
Citação