Ansiedade pré-competitiva nas modalidades coletivas e individuais

Data
2015-09-08
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Na atualidade está em fase crescente o número de jovens que praticam modalidades desportivas voltadas para a alta competição. Como tal, é importante entender todos os aspetos que envolvem a competição, bem como o ambiente em que o atleta está inserido. Existe então, a necessidade de entender os aspetos psicológicos voltados para a prática desportiva e também a influência destes no desempenho do indivíduo. O estudo teve como objetivos principais: verificar as características psicométricas da versão portuguesa do CSAI-2R (Cox, Martens & Russel, 2003); analisar os níveis de ansiedade somática, cognitiva e autoconfiança no período pré-competitivo em atletas, em função do género; averiguar a relação entre os fatores da ansiedade pré-competitivo. O presente estudo foi realizado com a colaboração de 182 atletas praticantes de várias modalidades (futebol, natação, basquetebol, Ténis de Mesa), ambos os géneros, com idades compreendidas entre os 11 e os 39 anos, participantes em Campeonatos Regionais e Nacionais referentes à época desportiva de 2012/2013. Para a recolha de dados recorreu-se à aplicação de um questionário de natureza multidimensional, o CSAI-2R, que avalia as componentes cognitiva e somática da ansiedade estado pré-competitiva, bem como a autoconfiança. Os dados foram tratados utilizando o programa estatístico Statistical Package for the Social Sciences – SPSS, versão 19. Os resultados do estudo revelam que o instrumento CSAI-2R é detentor de uma fiabilidade apropriada e que a amostra possui uma boa adequação. A análise dos dados recolhidos permite-nos concluir que independentemente do género dos atletas e da modalidade inquerida, antes da realização das provas, os níveis de autoconfiança são superiores comparativamente aos níveis de ansiedade cognitiva e somática. Relativamente aos fatores em relação ao género é possível constatar que no género masculino o valor médio mais elevado é referente ao fator da autoconfiança e o menor valor referente à ansiedade cognitiva. No que concerne ao género feminino, tal como no caso do género masculino, o fator que possui maior valor médio e desvio padrão é o da autoconfiança, enquanto o valor médio e desvio padrão mais baixo é representado pela ansiedade cognitiva. Entre os fatores do CSAI-2R e o género, verificamos que não existem diferenças estatisticamente significativas. No que concerne à correlação entre os fatores, verificamos que existe uma correlação significativa negativa entre o fator da ansiedade cognitiva e a autoconfiança, bem como entre a ansiedade somática e a autoconfiança. Estas correlações negativas indicam que quando a ansiedade cognitiva ou a ansiedade somática aumentam, a autoconfiança diminui e vice-versa. O presente estudo contribui para uma reflexão sobre os estados de ansiedade e de autoconfiança antes de uma competição, uma vez que a ansiedade poderá influenciar positivamente ou negativamente o rendimento dos atletas, devendo ser motivo de atenção por parte dos técnicos e psicólogos.
At the present stage is the growing number of young people who practice sports geared to high competition. As such, it is important to understand all aspects involving competition as well as the environment in which the athlete is inserted. There is then a need to understand the psychological aspects facing the sport and also their influence on the individual's performance. This study was conducted with the collaboration of 182 athletes practicing different sports (soccer, swimming, basketball, Table Tennis), both genders, aged between 11 and 39 years, participants in Regional and National Championships regarding sports season of 2012/2013. The study had as main objectives: to assess the psychometric properties of the Portuguese version of the CSAI-2R (Cox, Martens & Russell (2003), analyzing the levels of somatic anxiety, cognitive and self-confidence in the pre-competitive athletes by gender ; investigate the relationship between the factors of pre-competitive anxiety. For data collection we used a questionnaire to the multidimensional nature of the CSAI-2R, which assesses the cognitive and somatic components of pre-competitive state anxiety and self-confidence. The data were processed using the program Statistical Package for Social Sciences - SPSS, version 19. The study results show that the instrument CSAI-2R is custodian of reliability and proper that the sample has a good fit. The analysis of the collected data allows us to conclude that regardless of the gender of the athletes and the sport inquired before the completion of the tests, the confidence levels are comparatively higher levels of cognitive and somatic anxiety. For factors with respect to gender is possible to see that in males the highest average value is related to the confidence factor and the lowest value on the somatic anxiety. Regarding the feminine gender, as in the case of males, the factor that has the highest mean value and standard deviation is the self-confidence, while the mean value and standard deviation is represented by the lower somatic anxiety. Among the factors the CSAI-2R and gender, we found that there are no statistically significant differences. Regarding the correlation between the factors, we find that there is a significant negative correlation between the factor of cognitive anxiety and self-confidence as well as between somatic anxiety and self-confidence. These correlations indicate that when the negative cognitive anxiety or anxiety somatic increases, the confidence decreases and the inverse also is verified. This study contributes to a reflection on the state of anxiety and self-confidence before a competition, since anxiety may positively or negatively influence the performance of the athletes, and should be cause for attention from coaches and psychologists.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Desporto , Alta competição , Ansiedade cognitiva , Ansiedade somática , Autoconfiança , Pré-competição
Citação