O impacto da semana paralímpica nas atitudes dos alunos do 9.º ano face à inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física

Data
2016-04-13
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Mundialmente têm ocorrido mudanças sociais e culturais que contribuem para a inclusão das crianças com Necessidades Educativas Especiais (NEE) no ensino regular. Essas mudanças enfatizam o papel da escola como um lugar prioritário, no qual as atitudes em relação à deficiência podem ser alteradas. É neste sentido que surge a necessidade de estudar as atitudes dos alunos sem deficiência em relação à inclusão de alunos com deficiência nas aulas de Educação Física (EF) pois, hoje em dia, há cada vez mais alunos com deficiência nas escolas regulares. O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito de um programa de sensibilização (Semana Paralímpica) sobre as atitudes (atitude total, atitude geral face à aula de EF e atitude específica face à alteração de regras) dos alunos do 9.º ano de escolaridade face à inclusão de colegas com deficiência em EF. Participaram 132 alunos (78 rapazes, 54 raparigas), com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos (M=14.83 e DP= 1.102) do 9º ano de escolaridade de duas escolas da Região Centro, divididos em dois grupos: um grupo experimental, constituído por 67 elementos, e um grupo controlo com 65. A Semana Paralímpica compreendeu um programa de uma semana (2 aulas de Educação Física de 60 min). Foi aplicada a versão validada para a população portuguesa (Campos, Ferreira & Block, 2013) do questionário Children’s Attitudes toward Integrated Physical Education – Revised (CAIPE-R), (Block, 1995) para avaliar as atitudes dos alunos antes e depois da intervenção. Os resultados indicaram que os alunos têm atitudes bastante positivas face à inclusão, no entanto o programa de sensibilização não teve uma influência positiva sobre a mudança de atitudes dos estudantes em relação à inclusão em EF.
Worldwide there have been social and cultural changes that contribute to the inclusion of children with Special Educational Needs (SEN) in mainstream education. These changes emphasize the role of the school as a priority place in which attitudes towards disability can be changed. This is why there is a need to study the attitudes of students without disabilities regarding the inclusion of students with disabilities in Physical Education (PE) because, nowadays, there are more and more students with disabilities in regular schools. The aim of this study was to evaluate the effect of an awareness program (Paralympic Week) on attitudes (total attitude, general attitude towards PE class and specific attitude towards changing rules) of 9th grade students towards the inclusion of peers with disabilities in PE. The study included 132 students of the 9th grade (78 boys, 54 girls), aged between 14 and 19 years (M = 14.83, SD = 1,102) from two schools in Central Region, divided into two groups, an experimental group consisting of 67 elements, and a control group with 65. The Paralympic Week comprised a week-long programme (two PE classes of 60 min). The version validated for the Portuguese population (Campos, Ferreira & Block, 2013) of the questionnaire Children's Attitudes toward Integrated Physical Education – Revised (CAIPE-R), (Block, 1995) was used to assess the attitudes of students before and after the intervention. The results indicated that students have very positive attitudes towards inclusion. However the awareness programme did not show a positive influence on changing attitudes of students towards inclusion in PE.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Educação física , Inclusão , Atitudes , Alunos , Deficiência
Citação