Análise das características químicas da madeira de Quercus pyrenaica Willd.: sua relevância na produção e utilização florestal

Data
2015
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo deste presente trabalho foi estudar as características químicas da madeira de Carvalho-negral (Quercus pyrenaica Willd.). Foram analisadas amostras de madeira provenientes de distintos locais do norte e centro de Portugal continental. Foi avaliada a composição elementar da madeira (C, O, H, N e S) e a composição elementar das cinzas, avaliando a sua variação intra e inter-populacional. Para a determinação dos teores de humidade, cinzas, material volátil e carbono fixo foi realizada a análise imediata dos resíduos numa estufa. Procedeu-se também a uma análise comparativa das análises de madeira com as características dos diferentes solos. Os principais resultados obtidos permitiram concluir que não existem diferenças significativas entre locais ao nível químico da madeira. No entanto existem diferenças significativas entre árvores para alguns parâmetros químicos da madeira, nomeadamente no teor de cinzas da madeira, no poder calorifico inferior (PCI), no poder calorifico superior (PCS), no teor de azoto (N) e de hidrogénio (H). Na relação entre características químicas da madeira e do solo existe uma correlação entre o carbono fixo e o trióxido de enxofre da madeira e grande parte dos parâmetros químicos de solo como o teor de limo e de argila, o pH, e elementos como o óxido de potássio, como o cálcio, o magnésio, potássio, o sódio, a saturação em bases, com a soma das bases de troca e a densidade aparente, que explicam grande parte da variância dos dados, sendo estas relações de grande interesse para análise. Com o conhecimento das características química da madeira proporciona uma diversidade de aplicações da mesma, seja em biomassa, combustão, fertilização dos solos e outras áreas do conhecimento com relevância na produção e utilização florestal.
The objective of this study was to evaluate the chemical characteristics of wood of pyrenean-oak (Quercus pyrenaica Willd.). Were evaluated wood samples from different places on the north and center of Portugal. We evaluated the elemental composition of the wood (C, O, H, N e S) and the elemental compositions of the ash, evaluating their intra and inter-population variation. For the determination of moisture, ash, volatile and fixed carbon analysis was performed as shown in the muffle furnace waste. It was carried out also comparative analysis characteristics in different soils. The main results showed no significant differences between the wood chemical characteristics on different sites. However there are significant differences between trees from the same site, in particular of wood ash content, the lower calorific value (LCV) and higher calorific value (HCV), nitrogen and hydrogen. The relationship between the chemical characteristic of wood and the chemical characteristic of the soil were observed significant correlations between fixed carbon and sulfur trioxide and a majority of chemical soil parameters such as, silt and clay content, pH and elements as potassium oxide, calcium, magnesium, potassium, sodium, degree of base saturation, sum of base exchange and apparent density, that explain much of the variance of the data ,which are relations very interest for analysis. With the knowledge of the chemical characteristics of wood provides a diversity of applications, such as the biomass, combustion, soil fertilizations and other areas with relevant in production and forestry utilization.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Engenharia Florestal
Palavras-chave
Quercus pyrenaica (Carvalho-negral) , Composição química
Citação