Contextos diferenciados de supervisão: reflexão sobre os seus contributos no desenvolvimento profissional

Data
2016
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
As mudanças ocorridas na sociedade portuguesa nas últimas quatro décadas trouxeram novas exigências às escolas e aos professores. Neste contexto, a Avaliação do Desempenho Docente (ADD) é uma área muito pertinente e de atual interesse, dadas as várias polémicas e controvérsias projetadas entre o governo, os sindicatos e os próprios professores. À avaliação do desempenho docente está associada a ideia de melhoria das práticas pedagógicas e dos resultados escolares dos alunos, bem como ao desenvolvimento profissional dos docentes e da própria escola. Com a entrada da ADD, o conceito de supervisão pedagógica ganha de novo um estatuto de maior relevância, num contexto profissional docente em constante mudança. A formação de formadores é também muito solicitada principalmente pelo Ministério da Educação para garantir a formação de docentes especializados na ADD para que posteriormente possam desempenhar funções nesta área. Desde a publicação do Novo Estatuto da Carreira Docente e do Decreto Regulamentar n.º 2/2008, de 10 de janeiro, os diferentes agentes educativos são chamados a avaliar e a ser avaliados. Passados dois ciclos de avaliação de desempenho docente e cumpridos todos os formalismos legais, o sentimento de melhorias nas práticas letivas, nas aprendizagens, nos resultados dos alunos e no desenvolvimento profissional dos docentes avaliados que requereram observação de aulas é questionável. O presente relatório é uma reflexão sobre as funções desempenhadas ao longo de trinta e cinco anos em contextos de supervisão e avaliação. Na atualidade, a escola deve ser encarada como uma organização em desenvolvimento e aprendizagem, onde a supervisão assume um papel de destaque, uma vez que através de ações supervisivas, é possível melhorar o desempenho dos atores educativos. A ADD devia ser o elemento chave de aferição, por apontar os pontos fortes e os pontos de aperfeiçoamento da ação do professor. Contudo, da forma como está implementada, cada vez mais se distancia da ação supervisiva, passando a ser uma mera obrigação legal de teor classificativo que não contribui para a valorização profissional dos docentes. Assim, é vista como fator de classificação e de punição, em vez de estar ao serviço do desenvolvimento e formação contínua do professor para além de não contribuir para a melhoria dos resultados dos alunos.
The changes in Portuguese society in the last four decades have brought new demands on schools and teachers. In this context, the Teacher Performance Assessment (DDA) is a very relevant area and of current interest, given the various controversies and disputes designed between the government, unions and the teachers themselves. To the evaluation of teacher performance is associated the idea of improving pedagogical practices and educational achievement of students as well as the professional development of teachers and the school itself. With the entry of the DDA, the concept of pedagogical supervision gains a more important status, in a teaching professional context in constant change. The training of trainers is also very requested by the Ministry of Education to ensure the training of specialized teachers in the DDA so that they can later perform functions in this area. Since the publication of the New Statute of the Teaching Career and Decree No 2/2008 of 10 January, the different educational agents are asked to evaluate and to be evaluated. After two cycles of teacher performance appraisal and completion of all legal formalities, the sense of improvements in teaching practices in learning and student outcomes and the professional development of teachers evaluated that required classroom observation may be questioned. This report is a reflection on the functions performed over thirty-five years of monitoring and evaluation contexts. At present, the school should be seen as an organization in development and learning, where supervision plays an important role, since through supervising actions, improving the performance of education actors is possible. DDA should be the key element of measurement, for pointing out the strengths and improvement points of the teacher's action. However, the way it is implemented increasingly moves away from supervising action, becoming a mere legal obligation to classificatory content that does not contribute to the professional development of teachers. Thus, it is seen as a ranking factor and punishment, instead of being at the service of development and continuous teacher training and therefore failing to contribute to the improvement of student outcomes.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Especialização em Supervisão Pedagógica
Palavras-chave
Supervisão , Avaliação , Desenvolvimento profissional , Escola reflexiva , Trabalho colaborativo
Citação