Síndrome de Burnout ou job engagement?: estudo de um Centro de Formação do concelho de Lamego

Data
2015-09-17
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O tema do stress e o desgaste físico e psicológico em contexto de trabalho, o denominado burnout, tem vindo a ser constantemente debatido, principalmente por teóricos e investigadores. São sobretudo as profissões ligadas à área da saúde e da educação, como médicos, enfermeiros, psicólogos, docentes e/ou formadores que, atuando diariamente sobre pressão, a médio e longo prazo, têm vindo a ver a sua dinâmica profissional diária comprometida devido a esta Síndrome. Como é sabido, e face a constantes mudanças políticas e económicas, vive-se uma indefinição e incerteza no que concerne às políticas na Educação e Formação de Jovens e Adultos, o que poderá por si só potenciar stress e desconforto em todos aqueles que, independentemente da sua área de saber, trabalham nesta área. Deste modo, através de um estudo de caso num Centro de Formação do concelho de Lamego, pretende-se perceber se os formadores que aí trabalham poderão ser ou não afetados pela Síndrome de Burnout. A técnica de recolha de dados utilizada nesta investigação foi quantitativa, tendo sido por nós adaptado à amostra inquirida o Inventário de Burnout de Maslach (Maslach Burnout Inventory (MBI) (Maslach & Jackson, 1986). Os resultados obtidos, com base nos 3 fatores ou dimensões originais de burnout (Exaustão Emocional, Despersonalização e Realização Pessoal) revelaram que a amostra não está perante esta Síndrome e sim envolvida com o seu trabalho (job engagement).
The subject of stress and physical and psychological stress in the workplace, the so-called “burnout”, has been constantly debated especially by theorists and researchers. It is mainly the professions in health and education, as doctors, nurses, psychologists, teachers and/or education trainers, which work every day under pressure, in the medium and long term, that have come to see their daily professional dynamic compromised due to this Syndrome. As is well known, in the face of continuing political and economical changes the uncertainty and imprecision surround the policies in Education and Training of Young and Adults. On its own, this may cause stress and discomfort in those who, apart from their area of knowledge, work in education and training. Therefore, through a case study on a Training Center in the municipality of Lamego, it is intended to realize if the trainers, who work there, may or may not be affected by the Burnout Syndrome. The investigation was carried by a quantitative study and it has been adapted to the sample surveyed the Maslach Burnout Inventory (MBI) (Maslach & Jackson, 1986). The results, based on the three-factor model or unique dimensions of the “burnout” (Emotional Exhaustion, Depersonalization and Personal Accomplishment) showed that the sample is not facing the Burnout Syndrome. The sample is engaged with their work (job engagement).
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Especialização em Educação de Adultos
Palavras-chave
Educação de adultos , Portugal , Educação , Jovens , Formação , Síndrome de Burnout
Citação