O acolhimento residencial de idosos em Portugal e a promoção do envelhecimento ativo

Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Ao atingir a etapa da vida denominada por velhice, o sujeito idoso sofre alterações a nível físico e psicológico que podem ser entendidas como fragilidades. Quando a senescência começa a ser entendida como uma problemática, são criados serviços de apoio ao idoso para colmatar as suas necessidades e garantir a sua qualidade de vida. Entre estes serviços, destacam-se os Estabelecimentos de Permanência Diária para Idosos, o Serviço de Apoio Domiciliário e as Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas. Este último apoio, de tendência crescente em Portugal, tem vindo a sofrer modificações na prestação dos serviços e novas tipologias de Estrutura Residencial para Pessoas Idosas têm aparecido no espaço de acolhimento residencial. Isto acontece para se atingirem as dimensões que caracterizam o conceito de Envelhecimento Ativo: saúde física e mental, segurança, autonomia e participação social. Estes tornam-se, assim, os pilares do Bem-Estar Subjetivo na senescência. Desta forma, as instituições afastam-se do caráter asilar e castrador que outrora tiveram, quando a identidade do idoso era anulada, e passa a promover a qualidade de vida do sujeito incentivando a autodeterminação e independência do mesmo. O objetivo deste estudo é perceber a forma como o conceito de Envelhecimento Ativo e todas as suas dimensões são promovidas nas Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas, e as diferenças, se existentes, entre o modelo tradicional de Lar de Idosos e as tipologias inovadoras como as Residências para Idosos, relativas a este tema. Para atingir este objetivo, foi realizado um estudo a dois casos onde as duas tipologias coexistem: o do Centro Social, Recreativo e Cultural de Vilar de Maçada, e ao Centro Paroquial da Mexilhoeira Grande. Os resultados e análise dos mesmos demonstraram que as dimensões do Envelhecimento Ativo servem de guia para as mudanças que têm acontecido nos serviços de apoio ao idoso, e que existe uma alteração notória na prestação de apoio das instituições de acolhimento residencial. Os profissionais das Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas trabalham agora para diminuir a dependência do idoso e promover, na medida do possível, a sua autonomia. Apesar de ambas as tipologias, tanto as tradicionais como as inovadoras caminharem neste sentido, esta noção é mais evidente nas Residências para Idosos, onde existe mais autodeterminação e participação ativa dos idosos.
When reaching the stage of life known as old age, the elderly suffers changes at a physical and psychological level that may be perceive as weaknesses. As soon as senescence starts being understood as a problematic, support services are created for the elderly in order to fulfil their needs and ensure their quality of life. Among these services, three stand out: Establishment of Daily Stay for the Elderly, Home Support Service and Residential Structures for the Elderly. The last-mentioned support, a growing trend in Portugal, has been subject of modifications when it comes to talking about the services provision and also, new typologies of Residential Structures for the Elderly start to take place in the residential care space. This happens in order to achieve the dimensions that characterize the concept of Active Aging: physical and psychological health, security, autonomy and social participation. These become, therefore, the senescence pillars of Subjective Well-Being. Thus, institutions move away from the asylum look like and castrator character that they once had, when the old person's identity was annulled, and starts promoting the subject's life quality by encouraging his selfdetermination and independence. The objective of this paper is to understand how the concept of Active Aging and all its dimensions are promoted by Residential Structures for the Elderly and what are the differences, if there are any, between the traditional Nursing Home model and the innovative Homes for the Elderly, related to this subject. To fulfil this goal, a study was carried out on two cases where both typologies coexist: the Centro Social, Recreativo e Cultural de Vilar de Maçada and the Centro Paroquial da Mexilhoeira Grande. The results and their analyses showed that the dimensions of Active Aging are the guidelines for the changes that have been happening on support services to the elderly, and that there is a notorious change in the care provision of residential care institutions. The professionals of the Residential Structures for the Elderly currently work in order to decrease the dependence of the elderly and promote, as possible, their autonomy. Although both typologies, traditional and innovative, walk towards this direction, notion is clearer at Homes for the Elderly, where there is more self-determination and active participation of the elderly.
Descrição
Este trabalho foi expressamente desenvolvido como dissertação original para efeito de obtenção do grau de Mestre em Serviço Social, sendo apresentado na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Palavras-chave
Idoso , Envelhecimento Ativo
Citação