A influência do método isostretching na qualidade de vida, na força muscular respiratória e na função pulmonar de idosas praticantes de atividade física

Data
2012
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O método isostretching é uma abordagem terapêutica global que associa a respiração, o alongamento e o fortalecimento muscular. Embora habitualmente utilizada no meio clínico, esta técnica possui poucas e limitadas pesquisas que comprovem seu uso. A proposta do presente estudo foi analisar a influência do método isostretching na qualidade de vida, na força muscular respiratória e na função pulmonar de idosas praticantes de atividade física. Trata-se de uma pesquisa quase-experimental, comparativa, com abordagem quantitativa, realizada em um centro de reabilitação do município de Maranguape, Ceará, Brasil, no período de novembro e dezembro de 2011. A amostra foi composta por 21 idosas saudáveis, sem antecedentes de patologia respiratória e/ou cardíaca, que foram divididas aleatoriamente nos grupos Isostretching (GI), Reabilitação Pulmonar (GR) e Controle (GC). As voluntárias foram avaliadas por meio do questionário de qualidade de vida SF-36, da manovacuometria e espirometria, antes e após as intervenções baseadas no método isostretching e reabilitação pulmonar. As idosas foram submetidas a dezesseis atendimentos, realizados duas vezes por semana, com duração de sessenta minutos cada. Para a análise estatística foi utilizado o teste t para amostras emparelhadas, nas comparações intragrupos, e o teste ANOVA medidas repetidas, nas comparações intergrupos. Foi adotado o nível de significância de p<0,05. Constatou-se que o método isostretching não apresentou diferença estatisticamente significativa na qualidade de vida, na força muscular respiratória e na função pulmonar, na comparação intragrupo, antes e após a intervenção. Entretanto, nas comparações intergrupos, foi encontrada diferença estatisticamente significante na qualidade de vida, apenas no tocante à capacidade funcional, entre os grupos GI e GC e os grupos GR e GC. Novos estudos devem ser conduzidos com uma amostra representativa da população de idosas praticantes de atividade física, a fim de dar validade externa aos dados obtidos nesse estudo.
The method isostretching is a comprehensive therapeutic approach that combines breathing, stretching and strengthening exercises. Although commonly used in a clinical setting, this technique has few and limited research to back up its use. The purpose of this study was to analyze the influence of the method isostretching quality of life in respiratory muscle strength and pulmonary function in older physically active. This is a quasi-experimental research, comparative and quantitative approach, performed in a rehabilitation center in the city of Maranguape, Ceará, Brasil, between November and December 2011. The sample consisted of 21 healthy elderly with no history of respiratory disease and/or heart failure who were randomly divided in groups Isostretching (GI), Pulmonary Rehabilitation (GR) and Control (GC). The volunteers were evaluated by the quality of life questionnaire SF-36, manometer and spirometry before and after the interventions based on the method isostretching and pulmonary rehabilitation and were subjected to sixteen visits carried out twice a week, with a duration of sixty minutes each. For statistical analysis we used the t test for paired samples, the intragroup comparisons, and repeated measures ANOVA, for comparisons between groups. It was adopted a significance level of p <0.05. It was found that the method isostretching showed no statistically significant difference in quality of life in respiratory muscle strength and pulmonary function in intragroup comparison, before and after the intervention. However, the comparisons between groups was statistically significant difference in quality of life, only with regard to functional capacity, between GI and GC and GC and GR groups. Further studies should be conducted with a representative sample of the population of elderly women engaged in physical activity, in order to provide external validity to the data obtained in this study.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto, Especialização em Avaliação e Prescrição na Actividade Física
Palavras-chave
Força muscular (respiratória) , Qualidade de vida , Idosas , Isostretching , Função pulmonar
Citação