Intervenções utilizadas no tratamento psicoterapêutico das perturbações obsessivo-compulsiva e de stress pós-traumático

Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A compreensão das perturbações obsessivo-compulsiva e de stress pós-traumático (duas condições com elevada prevalência) tem melhorado ao longo do tempo, levando ao desenvolvimento de tratamentos eficazes que permitem o alívio dos sintomas e melhorias associadas ao funcionamento de muitos pacientes, como é o caso das intervenções psicoterapêuticas. No entanto, existe uma enorme diversidade deste tipo de intervenções e pouca informação organizada acerca das estratégias inerentes a estas. Neste sentido, o objetivo do presente estudo consistiu em investigar quais as intervenções utilizadas pelos psicólogos e/ou outros profissionais de saúde no tratamento psicoterapêutico das perturbações anteriormente referidas. Foi realizada uma Revisão Narrativa da Literatura de artigos originais publicados em revistas indexadas na Biblioteca do Conhecimento Online (Bon), tendo esta sido limitada aos artigos que apresentavam texto integral, publicados entre 2014 e 2019, em revistas académicas e em língua inglesa. Foram identificadas 74 publicações que atenderam aos critérios de inclusão. Os resultados apontaram para a predominância das estratégias da Terapia Cognitivo-Comportamental e das intervenções regidas pelo Modelo Cognitivo-Comportamental da Aprendizagem em ambas as perturbações (48 estudos). Os resultados foram, posteriormente, alvo de discussão. A presente revisão constitui um importante contributo para a prática clínica.
The understanding of obsessive-compulsive and post-traumatic stress disorders (two conditions with high prevalence) has improved over time, leading to the development of effective results that allow the relief of symptoms and improvements associated with the functioning of many patients, as is the case of psychotherapeutic interventions. However, there is a huge diversity of this type of interventions and few organized information about the strategies inherent to them. The aim of the present study was to investigate which interventions are used by psychologists and/or other health professionals in the psychotherapeutic treatment of obsessive-compulsive and post-traumatic stress disorders. A Narrative Literature Review of original articles published in indexed journals in the Biblioteca do Conhecimento Online (B-on) was carried out, which was limited to articles that presented full text, published between 2014 and 2019, in academic journals and in English. Seventy-four publications were identified that met the inclusion criteria. The results pointed to the predominance of Cognitive-Behavioral Therapy strategies and interventions governed by the Cognitive-Behavioral Model of Learning in both disorders (48 studies). The results were subsequentely the subject of discussion. This review is an important contribution to clinical practice.
Descrição
Dissertação apresentada por Juliana Margarida Gonçalves Barros Rainho Carneiro à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Psicologia Clínica
Palavras-chave
Intervenções psicoterapêuticas , perturbação obsessivo-compulsiva
Citação