Proposta de um modelo de bateria para avaliação funcional do atleta de voleibol de praia

Data
2016-09-21
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Introdução Este estudo pretendeu contribuir para um conhecimento mais pormenorizado do Voleibol de Praia de Alto Rendimento. Objetivo Estudar o efeito das características do solo arenoso sobre os parâmetros físicos, em atletas de Voleibol de Praia, o pesquisador, desenvolveu uma bateria de testes piloto bem como um instrumento seguindo a norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT, MB-1059/86) de mensuração da massa específica do solo in situ. Dentre todas as capacidades necessárias para a prática do Voleibol de Praia, a agilidade, a velocidade, velocidade lançada e a potência têm suscitado a atenção dos investigadores, dada a sua relevância nos esportes de desempenho intermitente. Metodologia Fizeram parte deste estudo dezoito (n=18) atletas do sexo feminino de nacionalidade brasileira, com uma média de idades de 24±4,35 anos e estatura de 1,76±0,05 cm, federadas com um ano de competições no Circuito Banco do Brasil e Circuito Mundial. O estudo avaliou as três capacidades físicas e a sua relação com a densidade do solo arenoso em dois lugares distintos (praia de Ipanema e Barra – Rio de Janeiro), em atletas praticantes de Voleibol de Praia. Resultados Os mesmos não apresentaram estatisticamente significância entre as variáveis de medidas antropométricas, condições ambientais, circunferências corporais, dobras cutâneas, frequência cardíaca máxima, média e de reserva dos testes em agilidade, velocidade, velocidade lançada e potência entre as densidades de solo das praias pesquisadas (Ipanema e Barra). Conclusão De acordo com os objetivos propostos na introdução e com os resultados apresentados ficou evidente que o tipo de solo (arenoso), não interferiu nos indicadores associados às valências físicas estudadas, agilidade, velocidade, velocidade lançada e a potência. No entanto, com os testes realizados, foi possível criar um possível perfil da atleta feminino no voleibol de praia brasileira.
Introduction This study aimed to contribute to a more detailed knowledge of the Beach Volleyball High Performance. Objective studying the effect of the characteristics of sandy soil on the physical parameters in athletes of Beach Volleyball, the researcher developed a battery of tests pilot an instrument following the standard of the Brazilian Association of Technical Standards (ABNT, MB-1059/86) for measuring the density of soil in situ. Of all the skills necessary for the practice of Beach Volleyball, agility, speed and power have attracted the attention of researchers because of its importance in sports performance intermittent. Methodology This study formed part eighteen (n=18) female athletes from Brazil, with a mean age of 24 ± 4.35 years, height 1.76 ± 0.05 cm, federated with a year of competition in the Circuit Bank of Brazil and World Tour. The study evaluated three physical abilities and their relation to the density of sandy soil in two different places (beaches of Ipanema and Barra - Rio de Janeiro) in athletes practicing Volleyball. Results They showed no statistical significance between the anthropometric variables, environmental conditions, body circumferences, skinfold thickness, maximum, average and reserve heart rate test agility, speed and power released between soil densities of beaches surveyed (Ipanema and Barra). Conclusion According to the objectives proposed in the introduction and the results became evident that the type of soil (sandy), did not affect the indicators associated with physical valences studied, agility, speed and power. However, with the tests, it was possible to create a possible profile of the female athlete in the Brazilian beach volleyball.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto, Especialização em Avaliação e Prescrição na Atividade Física
Palavras-chave
Voleibol de praia , Bateria de testes , Perfil funcional
Citação