Seroprevalência e análise dos fatores de risco associados ao vírus respiratório sincícial bovino em efetivos leiteiros da Ilha Terceira

Data
2017
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O vírus respiratório sincícial bovino (BRSV), agente etiológico da doença respiratória bovina, causa grandes prejuízos económicos, principalmente, em vitelos. O BRSV já foi relatado em Portugal com prevalências sorológicas elevadas em adultos e residuais em vitelos. Assim, o presente estudo teve como objetivo determinar a seroprevalência e caracterizar a epidemiologia da infeção pelo BRSV em explorações leiteiras da Ilha Terceira. Este estudo foi realizado entre os meses de dezembro 2014 a fevereiro de 2015, recorrendo ao método ELISA, através do kit CIVTEST® BRSV/VRS, a 184 vitelos, não vacinados, provenientes de 92 explorações leiteiras pertencentes à Ilha Terceira. Também se realizou um questionário epidemiológico. Verificou-se que 7 animais eram seropositivos distribuídos por 5 explorações, o que pressupõe uma seroprevalência individual de BRSV 3,8% (IC 95%: 1,0%-6,6%), em vitelos dos 90 aos 180 dias de idade (média de idades 133.23 dias). Os resultados deste estudo evidenciam a necessidade de novos estudos com amostras que abranjam animais de diferentes idades, para que se possa caracterizar de outra forma os efetivos leiteiros na ilha Terceira em relação ao BRSV, para que se possam recomendar medidas profilácticas e de maneio adequadas.
Respiratory syncytial bovine virus (BRSV), the etiological agent of bovine respiratory disease, causes great economic losses, mainly in calves. BRSV has already been reported in Portugal with high serological prevalence in adults and residual in calves. Thus, the present study aimed to determine seroprevalence and to characterize the epidemiology of BRSV infection in dairy farms in Terceira Island. This study was carried out between December 2014 and February 2015, using the ELISA method, through the CIVTEST® BRSV / VRS kit, to 184 unvaccinated calves from 92 dairy farms belonging to Terceira Island. An epidemiological questionnaire was also carried out. It was verified that 7 animals were seropositive distributed by 5 farms, which presupposes an individual seroprevalence of 3.8% BRSV (95% CI: 1.0% -6.6%), in calves from 90 to 180 days of age (medium age of 133.23 days).The results of this study showed the need for new studies with samples that cover animals of different ages, so that the dairy herds on Terceira Island can be characterized in a different way in relation to BRSV, so that appropriate prophylactic and management measures can be recommended.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Bovinae , Doença respiratória , Ilha Terceira (Arquipélago dos Açores, Portugal) , Vírus sincícial respiratório , Técnica imunoenzimática , Teste ELISA , Seroprevalência , Epidemiologia
Citação