Estratégias de internacionalização empresarial: uma análise da Região Demarcada do Douro

Data
2017-07-03
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Perceber as motivações que levam as empresas a apostar no mercado externo e todo o mecanismo que este processo envolve tem sido um desafio constante para as pesquisas na área dos negócios internacionais. Porém, este não é o único desafio. Também é importante conhecer o momento em que esta decisão é tomada dentro da estrutura e evolução de uma organização; prever para onde uma empresa de pequenas dimensões se expandirá em primeiro lugar e depois como se manterá nesse mercado. O presente trabalho aborda, portanto, o tema da internacionalização/ negócios internacionais através do estudo de empresas do setor vitivinícola da Região Demarcada do Douro (RDD). O comércio internacional é uma tradição antiga portuguesa que terá começado e atingido o seu auge no século XVI com os descobrimentos. O setor dos vinhos, em particular da RDD, esteve também sempre muito ligado ao comércio externo, tendo inclusive beneficiado de um acordo histórico favorável à exportação com o Reino Unido. Assim, pela tradição e história, as empresas portuguesas do setor vitivinícola apresentam-se como um objeto de análise adequado ao estudo da internacionalização/comércio internacional das empresas. Tendo por base o tema da Internacionalização, definiram-se como objetivos gerais do presente estudo, a análise do mesmo processo, tentando perceber o caminho trilhado pelas empresas na conquista do mercado externo e a determinação do estádio em que se encontram as empresas da RDD, no campo das estratégias de internacionalização. Para o efeito, desenvolveu-se uma investigação do tipo descritiva e com uma estratégia qualitativa baseada no estudo de caso. Assim, recorreu-se à entrevista e à análise de dados secundários, como métodos de recolha de dados, sendo estes últimos obtidos a partir de fontes privadas e públicas. Os resultados empíricos evidenciam que, atualmente, as empresas da RDD já nascem praticamente internacionais. A dimensão do mercado nacional e as atuais dificuldades económico-financeiras foram a principal justificação para a procura de quotas de mercado externo. A cessante evolução dos mercados e das indústrias gera múltiplas oportunidades e ameaças potenciais a que as empresas têm que saber dar resposta.
To understand the motivations that lead enterprises to invest in foreign markets as well as the mechanisms involved in the process, has been a permanent challenge for researches regarding international business. However, this is not the only challenge. It is also important to recognize the moment when this decision is taken within the structure as well as its evolutionary stage in a given moment; foresee where a small business enterprise will expand first and how it will manage to keep itself in that specific market. The current work approaches the internationalization/ international business issue through the study of companies related to the wine industry in the Douro Region of Portugal. International trade is an ancient Portuguese tradition believed to have started and reached its peak in the XVI century. The wine industry, particularly in the Douro Region, has always been associated with international trade, which lead to an historic exportation treaty between Portugal and the United Kingdom. Therefore, due to their history and tradition, the wine sector related companies, present themselves as an ideal object of analysis to understand the internationalization of enterprises. Having the internationalization theme as a starting point, we defined as the main objectives of the present study, the analysis of the internationalization process, and, as such, tried to determine and understand the path taken by these enterprises in order to reach the foreign markets as well as their current status according to the internationalization strategies they undertook. Therefore, a descriptive type of investigation has been developed, associated with a qualitative strategy based on the case study, resorting to interviews and secondary data analysis, as research methods, being the last obtained from both private and public sources. The empirical results lead us to believe that, currently, companies are already born international. The size of the domestic market and the current economic and financial difficulties were the main justification for the demand for external market shares. The continuing evolution of markets and industries generates multiple opportunities and potential threats to which companies must be able to respond.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Gestão
Palavras-chave
Estratégia empresarial , Região Demarcada do Douro (Portugal) , Internacionalização , Tomada de decisão , Setor vitivinícola
Citação