Efeito dos ácidos resínicos e da monolaurina sobre a resposta imunológica e performances de leitões em recria

Data
2023-10-26
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho teve como principal objetivo analisar os efeitos da inclusão de ácidos resínicos e da monolaurina no alimento pré-starter, sobre os parâmetros zootécnicos, resposta imunitária e incidência de diarreias em leitões em fase de recria. O período pósdesmame em leitões é particularmente crítico devido a um conjunto de alterações que o animal tem de enfrentar – separação da mãe, perda do leite materno, transição de alimentação líquida para alimentação sólida e eminentemente de origem vegetal, mudança de instalações, alteração do grupo social, entre outras. Todos estes desafios aumentam o stress a que o animal é sujeito, tendo, potencialmente, implicações no trato digestivo com resposta inflamatória. A excessiva utilização de antibióticos e de óxido de zinco no combate às patologias associadas ao desmame, tem levado ao desenvolvimento de estirpes de bactérias resistentes e multirresistentes e, no caso do zinco, a um impacto ambiental, podendo ocorrer riscos acrescidos para a saúde animal, humana e ambiental. Este contexto tem incentivado a pesquisa por aditivos que melhorem a saúde intestinal e as performances do animal, sem os problemas inerentes ao uso de antibióticos. Um dos aditivos recentemente avaliado, ADIFARM G+, é constituído por ácidos resínicos que apresentam um efeito anti-inflamatório, imunomodulador e antimicrobiano. A monolaurina, já anteriormente conhecida e utilizada, associa aos efeitos descritos o seu poder antibacteriano contra bactérias Gram negativas. Neste trabalho experimental, foi realizado um ensaio com um total de 239 leitões, 114 machos e 125 fêmeas, resultantes de porcas LW X LR (Danbred) cruzadas com machos Piétrain. Estes leitões foram divididos em 2 grupos experimentais, o grupo controlo (C), com alimentação sem aditivo, constituído por 107 leitões e o grupo aditivo (TX) com 132 leitões, que recebeu o aditivo ADIFARM G+ no alimento (2 kg/ton). Foram avaliadas as performances zootécnicas, peso vivo (PV), ganho médio diário (GMD), ingestão média diária (IMD) e índice de conversão (IC), e foram ainda colhidas amostras sanguíneas para avaliar a resposta inflamatória (leucograma) e resposta à vacina anti-PCV2. As performances zootécnicas não mostraram diferenças estatisticamente significativas, no entanto, o IC melhorou em 3% no grupo TX. O aditivo também indica efeitos antiinflamatórios no grupo TX mostrando uma reação inflamatória mais contida e não tão exuberante quanto o grupo C (que apresentou uma neutrofilia constante ao longo do ensaio).
In the present study the main goal was to analyse the effects of resin acids and monolaurin added into pre-starter feed, on productivity parameters, immune response and diarrhea scores of weaned piglets. The piglets’ post-weaning period is particularly critical due to the occurrence of certain changes that the animal goes through – separation from the sow, loss of maternal milk, transition from liquid to solid and mainly vegetable origin diet, change of facilities, social group adjustments, amongst others. All these challenges increase the stress levels that the animal is exposed to, and will affect its health, especially on its digestive tract. To prevent these scenarios and increase the piglets’ growth, farmers have tried to overcome these issues by using zinc oxide and antibiotics in subtherapeutic dosages in food. The uncontrolled use of antibiotics has been leading to the occurrence of resistant or multiresistant strains of bacteria, and in the case of zinc oxide, environmental damages, increasing health risks in people and animals. This situation has boosted the research for additives that improve gut health and animal performance, without the consequences of antibiotic use. The additive that we tested, was made of resin acids, with anti-inflammatory and immunomodulatory effects, and monolaurin which presents anti-bacterial effect against Gram negative bacteria. The experimental design of this study was constituted by a total of 239 piglets, which 125 females and 114 males, offsprings of Large White x Landrace sows (Danbred) crossbred with Piétrain boars. To ascertain the effects of the additive, a comparison was drawn between a control group of 107 piglets, and a TX group of 132, with the additive added to the food (2kg/ton). To analyse productive parameters live weight (LW), average daily gain (ADG), daily feed intake (DFI) and the food conversion racio (FCR) were measured. To analyse the imune response the leukogram and IgG anti-PCV2 were tested from collected blood. Through data statistical analysis, no significant differences between treatments in the productivity parameters were observed, however, the TX group showed a an improvement on the FCR by 3%. The additive appears to have effects on the anti-inflammatory response, as throughout the assay, the C group shows a persistent neutrophilia, while the TX group does not show a response as evident as group C.
Descrição
Palavras-chave
Leitões , Recria
Citação