Kinetic characterization of Transmontano Mastiff dog using a pressure platform

Data
2023-10-23
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
This dissertation is organized into four chapters. The first one is a short introduction, then follows a chapter with the literature review on gait analysis and the origin of the Transmontano Mastiff dog (TMD). Then the chapter that concerns the research work and at last a chapter of future perspectives. Gait analysis on a pressure platform objectively assesses and characterizes a dog’s movement and stance weight distribution. However, variations between breeds were reported and records are lacking for some breeds. This work aims to characterize the Transmontano Mastiff dog’s gait with parameters obtained in a pressure platform. To obtain gait information six healthy Transmontano Mastiff dogs, over one year of age, walked on a pressure platform. After some time to adjust to the platform, the dogs were guided by a leash at a comfortable velocity, and at least three trials for each dog were obtained. For a trial to be accepted, the dogs should walk at a constant velocity, looking forward, without turning or raising/lowering their head. The results showed values for both peak vertical force (PVF) and vertical impulse (VI) in the forelimbs, approximately, 60%, and in the hindlimbs 40%. The stance time presented values with normal duration. The conclusion is that this breed follows normal kinetic parameters, including the expected weight distribution (PVF and VI) in orthopedically healthy dogs, about 60% in the forelimbs and 40% in the hindlimbs. This objective information on gait can improve the diagnosis of lameness in clinical practice and facilitate the follow-up after treatments without previous records. However, more data should be collected in order to have a bigger sample and a better perspective of the breed.
Esta dissertação está organizada em quatro capítulos. O primeiro é uma breve introdução, seguindo-se um capítulo com a revisão bibliográfica sobre a análise da marcha e a origem do cão de gado Transmontano. O terceiro capítulo diz respeito ao trabalho de investigação e, por fim, um capítulo com perspetivas para o futuro. A análise da marcha numa plataforma de pressão avalia e caracteriza objetivamente o movimento de um cão e a distribuição de peso em estação. No entanto, foram reportadas variações entre raças e para algumas ainda não existem registos. Este trabalho tem como objetivo caracterizar a marcha do cão de gado Transmontano com parâmetros obtidos numa plataforma de pressão. Para obter informação sobre a marcha, seis cães saudáveis da raça cão de gado Transmontano, com mais de um ano de idade, caminharam numa plataforma de pressão. Após algum tempo de adaptação à plataforma, os cães foram guiados à trela a uma velocidade confortável, tendo sido obtidos pelo menos três ensaios para cada cão. Para que um ensaio fosse aceite, os cães deveriam caminhar a uma velocidade constante, olhando para a frente, sem se virarem ou levantarem/baixarem a cabeça. Os resultados mostraram valores de pico de força vertical (PVF) e impulso vertical (VI) nos membros anteriores, aproximadamente, de 60%, e nos posteriores de 40%. O tempo de apoio apresentou valores com duração normal. Conclui-se que esta raça segue parâmetros cinéticos normais, incluindo a distribuição de peso (PVF e VI) esperada em cães ortopedicamente saudáveis. Isto é, cerca de 60% nos membros anteriores e 40% nos posteriores. Esta informação objetiva sobre a marcha pode melhorar o diagnóstico de claudicação na prática clínica e facilitar o acompanhamento após tratamento sem registos prévios. No entanto, devem ser recolhidos mais dados de modo a ter uma amostra maior e uma melhor perspetiva da raça.
Descrição
Palavras-chave
gait analysis , ground reaction forces
Citação