Prevalência das Afecções Podais em Explorações de Bovinos Leiteiros com Pavimento de Cimento Liso Versus Ripado

Data
2010
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Um dos três factores preponderantes que influenciam o bem-estar animal numa exploração de bovinos leiteiros é o pavimento. Pisos muito escorregadios ou muito abrasivos estão associados a um maior número de casos de claudicação, afectando a performance reprodutiva, a produção leiteira e a saúde do úbere. De entre os vários materiais existentes para pavimentar as áreas destinadas à circulação livre do gado em explorações leiteiras com sistema free-stall (estabulação livre), o cimento é o mais comummente utilizado. Trata-se de um material relativamente barato e durável que permite qualidade higiénica adequada. É contudo um material muito duro, e devido ao desgaste provocado pelo uso torna-se mais escorregadio. De entre as vacarias que apresentam piso em cimento, podemos encontrar explorações com o piso em cimento compacto (liso ou com estrias) na sua totalidade e outras explorações com o piso parcialmente ou totalmente ripado. Com o objectivo de caracterizar a prevalência das afecções podais em explorações com pavimento de cimento liso versus ripado foram analisados, retrospectivamente, os dados referentes à saúde das estruturas podais de um total de 131 vacas em produção/período seco, obtidos através da recolha e cruzamento dos registos pertencentes aos proprietários de duas explorações, aos aparadores de cascos e aos médicos veterinários num período de 2 meses consecutivos (Novembro e Dezembro de 2009). Foram escolhidas explorações com maneio alimentar, higiénico e património genético aparentemente semelhantes de forma a minimizar o impacto destas variáveis na diferença obtida. Na exploração de pavimento ripado (n=72) foram observadas 58.3% (42/72) das vacas com claudicações, enquanto que na exploração de piso liso (n=59) essa percentagem foi de 49.2% (29/59; P>0.05). A prevalência de dermatite (inter)digital foi de 51.4% (37/72) na exploração de cimento ripado e de 89.8% (53/59; P<0.05) no cimento liso; já a dos fenómenos laminiticos, manifestados sob forma de úlceras de sola, foi de 52.8% (38/72) e 49.2% (29/59; P>0.05), respectivamente. Foi concluido que existia uma prevalência similar de claudicação em ambas as explorações. O factor tipo de pavimento parece não ter influenciado o tipo de patologia do casco, no caso dos fenómenos laminíticos. No entanto, foi observada uma maior prevalência de dermatite (inter)digital na exploração de piso liso. São necessários mais estudos para determinar a natureza causal exacta para o diferente risco entre explorações deste tipo, nos quais se sugere o maneio zootécnico.
One of the three preponderant factors that influence the animal welfare on a dairy cattle farm is the pavement. Floors very slippery or very abrasive are associated to a height number of lameness cases, which affects the reproductive performance, milk rate and the udder health. Amoung the variety of materials used to pave the areas for free circulation of the cattle in the farms with free-stall system, the concrete is the most commonly used. It is a relatively cheap and long life material that allows an appropriate hygienic quality. However it is very hard and it becomes more slippery with the time. We can find farms with a solid concrete floor (smooth or grooved), and another farms with slatted concrete floor. This study goal is to search for the prevalence and risk of foot pathologies in two farms with different floor types: solid concrete and slatted concrete. It was collected data, retrospectively, about the state of health of the foot of the 131 cows in production/dry period, obtained by collecting and crossing records of farmers, hoof trimmers and veterinarians over a period of 2 consecutive months (November and December of 2009). Farms were chosen with a similar genetic, feeding and hygienic management, to minimize the impact of these variables on the results. In the farm with slatted concret floor (n=72) was observed 58.3% (42/72) of the cows with digital lameness, while in the farm with solid concret floor (n=59) this value was 49.2% (29/59; P>0.05). The prevalence of (inter)digital dermatitis, on slatted concret floor, was 51.4% (37/72), and 89.8% (53/59; P<0.05) on solid concret floor. The prevalence of laminitic incident, manifested in the form of sole ulcers, was 52.8% (38/72) and 49.2% (29/59; P>0.05), respectively. It was concluded that there was similar lameness prevalence on both farms. The factor type of floor doesn‟t seem to have influenced the type of the foot pathology, in the cases of laminitic incident. However, it was observed a higher prevalence of (inter)digital dermatitis on the farm with solid concret floor. Further studies are needed to determine the exact causal nature of risk for different explorations of this type, the authors suggest zootécnic management.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária - Ciências Veterinárias
Palavras-chave
Gado bovino leiteiro , Patologias podais , Claudicação , Piso em cimento ripado e liso , Dairy Cattle , Foot pathologies , Lameness , Solid and slatted concrete floor
Citação