Articulação entre formação académica e desporto de alto rendimento: estudo realizado com atletas de basquetebol

Data
2015-09-11
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Conhecendo a exigência intrínseca à prática de desporto de alto rendimento e à formação académica, importa investigar quais as principais contingências que decorrem do seu exercício em simultâneo. Este trabalho de investigação pretendeu aquilatar junto das alunas-atletas quais as dificuldades que estas vivenciam no seu dia-a-dia, que estratégias utilizam e que soluções apontam para articular, com sucesso, a formação académica com a prática de desporto de alto rendimento. O presente estudo teve o seu enfoque em dez atletas em percurso de alto rendimento, do género feminino, com presença regular nas seleções nacionais de basquetebol. As referidas atletas, durante o ensino secundário, frequentaram os Centros de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Basquetebol e, neste momento, são simultaneamente estudantes do ensino superior e jogadoras da Liga Feminina. As suas idades estão compreendidas entre os 18 e os 23 anos. O estudo desenvolvido é de carater qualitativo, sendo a recolha de dados efetuada através de entrevistas semiestruturadas. A técnica de análise de dados utilizada foi a análise de conteúdo. As principais conclusões mostram que: i) a frequência durante o ensino secundário de um Centro de Alto Rendimento foi crucial para a sua formação e performance desportiva; ii) as medidas de apoio mais usadas durante o ensino secundário foram a justificação de faltas, a alteração de exames e as aulas de compensação; iii) as maiores dificuldades de conciliação do desporto de alto rendimento e a formação académica foram a falta de tempo, o cansaço, a fadiga e o desgaste provocado pelas deslocações diárias; iv) consideram que seriam melhores atletas se não estudassem; v) as principais medidas de apoio solicitadas para o ensino superior foram: alteração dos critérios de atribuição do Estatuto de Atleta de Alto Rendimento, melhoria da comunicação entre a federação e a universidade e introdução nas universidades de regimes de tutoria; vi) elaboram estratégias de articulação dos estudos com o desporto focadas, principalmente, na resolução nos problemas do dia-a-dia e vii) avaliam a conciliação do desporto de alto rendimento com a formação académica como possível.
Being aware of the demands of high performance sports and academic education at the same time, it’s essential to address the main contingencies derived from doing both simultaneously. The objective of this research was to determine the difficulties that these students-athletes face on a day-to-day basis, how they cope and what strategies they use to successfully juggle their classes with the practice of a high performance sport. This study was focused on ten high performance athletes, all females, who are regularly called upon to represent the national basketball teams. During high-school, these athletes attended Portuguese Basketball Federation’s High Performance Centres and, at the moment, are, simultaneously, university students and basketball players in the Women’s League (Liga Feminina). Their ages range from 18 to 23 years old. This is a qualitative study and the data were gathered through semi structured interviews. The data analysis technique used was content analysis. The main conclusions are: i) attending a High Performance Centre during high-school was essential to their sport performance; ii) the strategies more commonly used during high-school were justification of their absence from classes, postponing exams and make-up classes; iii) the biggest problems in juggling the high performance sport with high-school were lack of time, fatigue, tiredness and weariness from the daily travels; iv) they think they would be better athletes if they didn’t have to attend classes; v) the main support measures requested for them to attend University were: changing the criteria for the Legal Status as High Performance Athlete (Estatuto de Atleta de Alto Rendimento), improving the communication between the Federation and the University and having tutorial systems in the University; vi) they create strategies to juggle their academic education with practicing the sport which mainly focused in day-to-day problems, and vii) they consider that it is possible to practice a high performance sport and study at the same time.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Basquetebol , Formação académica , Alto rendimento , Tutoria
Citação