Efeitos da atividade física e do destreino em mulheres idosas. Efeitos na capacidade funcional, nos parâmetros hemodinâmicos, no perfil lipídico e glicémico da alternância de períodos de nove meses de programa de treino multicomponente com períodos de três meses de destreino, ao longo de três anos consecutivos

Data
2015-05-21
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O objetivo da nossa dissertação foi analisar ao longo de três anos o efeito de um programa multicomponente de exercício físico seguido de períodos de destreino ao nível lipídico, glicémico, hemodinâmico, motor e funcional de idosos. Ao longo destes estudos, foram analisadas as variáveis força muscular do trem superior (FA) e inferior (LS), flexibilidade do trem superior (AC) e inferior (SA), capacidade cardiorrespiratória (T6M), agilidade e equilíbrio (S2.44), índice de massa corporal (IMC), percentagem de massa gorda (%MG), VO2 absoluto (VO2) e relativo (VO2\KG), ventilação pulmonar (VE), METS, razão de trocas respiratórias (RER), pulso de O2 (VO2/FC), frequência cardíaca (FC), pressão arterial sistólica (PS), pressão arterial diastólica (PD), frequência cardíaca de repouso (FCrep), triglicerídeos (TG), colesterol total (CT) e glucose (GL) em função do efeito de um programa multicomponente de exercício físico seguido de períodos de destreino ao longo dos três anos de estudo, e também os efeitos de três meses de destreino em mulheres idosas ativas, que praticaram durante nove meses um programa de treino multicomponente seguido de três meses de destreino, e mulheres idosas sedentárias. A dissertação inclui três estudos cujos resultados são os seguintes: no FA, LS, AC, SA, T6M, S2.44, e %MG as mulheres idosas apresentaram melhorias significativas em todos os períodos de treino e declínios significativos em todos os períodos de destreino, finalizando o estudo com melhorias significativas em todas as variáveis, concluindo que os efeitos positivos provocados pelo treino foram superiores ao do destreino, provocando um aumento da capacidade funcional e motora, levando assim a uma melhor qualidade de vida e de saúde nas mulheres idosas (Estudo I). Os benefícios da prática sistemática do programa multicomponente de exercício físico ao longo de três anos provocaram melhorias nos perfis lipídico, glicémico e hemodinâmico das mulheres idosas nos parâmetros IMC, PS, PD, FCrep, TG, CT e GL, apesar dos vários períodos de destreino provocarem declínios significativos na maioria das variáveis ao longo dos três anos de estudo (Estudo II). E em relação ao efeito do destreino de três meses em mulheres idosas ativas e sedentárias, este provocou aumentos no IMC e %MG, e diminuições no T6M, VE, VO2, VO2\Kg, METS e VO2\FC tanto nas mulheres ativas como nas sedentárias, e provocou diminuições no PS, PD, FCrep, TG, CT, GL, FC e RER nas mulheres ativas, contudo, no final do destreino as mulheres ativas apresentaram valores superiores aos das sedentárias, comprovando o efeito benéfico da pratica de exercício fisico (Estudo III).
The aim of this thesis was to analyze over three years, the effects of a multicomponent exercise program followed by periods of detraining in lipid, glycemic, hemodynamic, motor and functional levels of older individuals. Throughout these studies, we analyzed the variables muscle strength of the upper-body (AC) and lower-body (CST), flexibility of the upper-body (BS) and lower-body (SR), cardiorespiratory fitness (6MWT), agility and balance (TUG) , body mass index (BMI), body fat percentage (BF%), absolute (VO2) and relative (VO2\KG) VO2, pulmonary ventilation (VE, l/min), METS, respiratory exchange ratio (RER), O2 pulse (VO2/HR), heart rate (HR), systolic blood pressure (SBP), diastolic blood pressure (DBP), resting heart rate (HRrest), triglycerides (TG), total cholesterol (TC) and glucose (GL) due to the effect of a multicomponent exercise program followed by periods of detraining over the three years of study, and also the effects of three months of detraining in active older women, who practiced for nine months a program of multicomponent training followed by three months of detraining, and sedentary elderly women. The dissertation includes three studies whose results are the following: in the AC, CST, BS, SR, 6MWT, TUG, and BF%, older women showed significant improvements in all training periods and significant declines in all detraining periods, ending the study with significant improvements in all variables, concluding that the positive effects of the training were higher than the detraining effects, causing an increase in motor and functional capacity, leading to a greater quality of life and health in older women (study I). The benefits of systematic practice of multicomponent exercise program over three years led to improvements in lipid and glycemic and hemodynamic profiles of older women in BMI, SBP, DBP, HRrest, TG, TC and GL parameters, despite several periods of detraining cause significant declines in most variables over the three years of study (study II). Finally, the effect of three months of detraining in active and sedentary elderly women caused increases in BMI and % BF, and decreases in 6MWT, VE, VO2, VO2\Kg, METS and VO2\FC, both in active and sedentary older women’s, and caused decreases in SBP, DBP, HRrest, TG, TC, GL, HR and RER in active older women, however, at the end of detraining active women showed greater values than sedentary older women´s, confirming the beneficial effect of multicomponent training program (Study III).
Descrição
Tese de Doutoramento em Ciências do Desporto
Palavras-chave
Atividade física , Pessoas idosas , Triglicerídeos , Colesterol (Total) , Pressão arterial , Capacidade funcional
Citação