Alterações histopatológicas em tartarugas arrojadas e capturadas acidentalmente na pesca de palangre

Data
2021-10-14
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
As tartarugas marinhas são consideradas um bioindicador da saúde e conservação dos oceanos devido à sua grande longevidade, ao crescimento lento com maturação sexual tardia e à sua vasta distribuição geográfica. A zona oceânica da ilha da Madeira em particular é considerada um hotspot de alimentação e um habitat temporário para o desenvolvimento da espécie de tartaruga marinha Caretta caretta (Linnaeus, 1758) na fase pelágica. A pesca do peixe-espada-preto na ilha da Madeira, com recurso ao palangre derivante de profundidade, captura acidentalmente inúmeras tartarugas marinhas desta espécie que ao morderem o anzol são forçadas a descer até profundidades de aproximadamente 1300 metros durante pelo menos 16 horas até no máximo 72 horas, ultrapassando os seus limites de sobrevivência. Como se sabe pouco sobre a fisiopatogenia da hipóxia por afogamento em tartarugas marinhas e sobre a fase pelágica da espécie Caretta caretta, investigou-se pela primeira vez a nível histopatológico a existência de lesões pulmonares em cadáveres derivados desta arte de pesca única no Mundo e comparou-se a pulmões de tartarugas não submetidas a hipóxia forçada. Os pulmões das tartarugas marinhas Caretta caretta juvenis do Atlântico Norte capturadas acidentalmente pelas embarcações apresentaram um quadro de lesão pulmonar aguda que inclui a presença de material eosinofílico no espaço aéreo e tecido intersticial, hemorragia no espaço aéreo, um espessamento e/ou congestão dos septos ediculares, ou até colapso geral das vias aéreas em alguns casos, o qual resulta invariavelmente do afogamento pela submersão forçada e consequente hipóxia a que estes animais foram sujeitos. Para além das alterações a nível pulmonar, também se registou a presença de congestão a nível renal e hepático, congestão e presença de infiltrado inflamatório na glândula tiroide, congestão dos vasos centrais das glândulas de sal, ao nível das gónadas e também no baço, do único cadáver fresco do estudo. Quantificaram-se os metais pesados – cádmio e arsénio – nos fígados dos cadáveres e comparou-se com resultados publicados na literatura científica. Adicionalmente, a presença de plástico no trato gastrointestinal da maioria dos cadáveres (84%) sugere que este é um problema grave e transversal às tartarugas marinhas juvenis em águas madeirenses. Esta dissertação também inclui o estudo de um cadáver arrojado de Dermochelys coriacea através do qual foi possível deduzir pela necrópsia e avaliação macroscópica que a causa de morte é compatível com gastroenterite difteronecrótica, causada pela ingestão de lixo antropogénico após uma obstrução de praticamente todo o trato gastrointestinal.
Sea turtles are considered an ocean’s health and conservation bioindicator due to their great longevity, slow growth with late sexual maturation and their wide geographic distribution. The oceanic zone of Madeira Island in particular is considered a feeding hotspot and a temporary habitat for the development of the marine turtle species Caretta caretta (Linnaeus, 1758) in its pelagic stage. Black scabbardfish’s fishing using the “palangre” (a drifting longline fishing technique only used in Madeira Island) accidentally catches numerous sea turtles of this species that, when biting the hook, are forced to depths of approximately 1300 meters for at least 16 hours until a maximum of 72 hours, exceeding its survival limits. As little is known about the pathophysiology of drowning and consequente hypoxia in sea turtles and also about the pelagic phase of the Caretta caretta, the existence of lung lesions in turtles derived from this unique fishing method was investigated for the first time at a histopathological level and compared to turtle’s lungs apparently not subjected to forced hypoxia. The lungs of the juvenile North Atlantic sea turtle’ Caretta caretta accidentally captured by the vessels presented an acute lung injury that includes the presence of eosinophilic material in the airspace and interstitial tissue, hemorrhage in the airspace, a thickening and/or congestion of the edicular septa, or even a general airway collapse was presente in some cases, which invariably results from drowning by forced submersion and consequent hypoxia to which these animals were subjected. In addition to changes at the pulmonary level, there was also the presence of congestion at the renal and hepatic level, congestion and the presence of inflammatory infiltrate in the thyroid gland, congestion of the central vessels of the salt glands, in the gonads and also in the spleen of the only fresh Caretta caretta’s corpse from this study. The heavy metals – cadmium and arsenic – in all the corpses’ livers were quantified and compared with results published in the scientific literature. Additionally, the presence of plastic in the gastrointestinal tract of most corpses (84%) suggests that this is a serious problem that affects juvenile sea turtles in Madeiran waters. This dissertation also includes the study of a corpse of the species Dermochelys coriacea through which by necropsy and macroscopic evaluation was possible to deduce that the cause of death is compatible with diphteronecrotic gastroenteritis, due to the ingestion of anthropogenic waste that caused the obstruction of the gastrointestinal tract.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Caretta caretta , palangre derivante de profundidade
Citação