Influência de variáveis cognitivas e relacionais no funcionamento sexual masculino e feminino: o papel mediador dos pensamentos automáticos na relação entre o ajustamento diádico e o funcionamento sexual

Data
2010
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente estudo tem como objectivo proporcionar um breve enquadramento teórico relativamente aos processos de funcionalidade e disfuncionalidade sexual masculina e feminina. Mais especificamente, pretende-se salientar o carácter multideterminado da sexualidade humana e destacar as principais diferenças entre homens e mulheres no que concerne a determinadas variáveis psicológicas, nomeadamente os aspectos relacionais e as componentes cognitivas especificamente relacionadas com a distracção cognitiva durante a actividade sexual. Num primeiro momento, foram apresentados os resultados de alguns estudos epidemiológicos quanto à prevalência das dificuldades sexuais, bem como destacada a importância das abordagens de tratamento psicológicas e interpessoais no domínio da terapia sexual. Esta revisão permitiu também discutir o papel desempenhado pelos problemas que ocorrem no contexto de um relacionamento diádico no desenvolvimento e manutenção de quadros de disfuncionalidade sexual, verificando-se um número reduzido de estudos empíricos que exploram a associação entre os conflitos relacionais e o funcionamento sexual masculino. De seguida, pretendeu-se apresentar uma contextualização relativamente ao contributo de diversos factores cognitivos na resposta sexual, entre os quais a distracção cognitiva, as exigências de desempenho, o foco da atenção e os pensamentos automáticos durante a intimidade sexual, sendo ainda de salientar que poucas investigações foram realizadas quanto ao papel destas variáveis no funcionamento sexual feminino. Esta revisão da literatura revelou-se importante na compreensão das principais diferenças de género quanto à influência de factores relacionais e cognitivos, alertando para necessidade de conceptualizar os problemas sexuais masculinos e femininos de modo distinto.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
Palavras-chave
Disfunção sexual , Fatores psicológicos , Funcionamento sexual feminino , Funcionamento sexual masculino
Citação