Sobrecarga dos Prestadores Informais de Cuidados de Pessoas Dependentes admitidas na ECCI de Amarante

Data
2022-07-25
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Introdução: O presente relatório diz respeito à Unidade Curricular Estágio e Relatório, inserida no Plano de Estudos do Curso de Mestrado em Enfermagem Comunitária (MEC), da Escola Superior de Saúde (ESS), da Universidade de Trás-os-Montes e Alto-Douro (UTAD), realizado na Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) Amarante e Unidade de Saúde Pública (USP) do Agrupamento de Centro de Saúde (ACES) Baixo Tâmega, no período de setembro de 2020 a abril de 2021. No decorrer deste estágio foi aplicada a metodologia do Planeamento em Saúde (PS), tendo sido implementado um projeto de intervenção, no qual participaram os Prestadores Informais de Cuidados (PIC) da área de abrangência da UCC Amarante. Os PIC são uma figura de extrema importância na prestação de cuidados ao dependente, tornando-se essencial estudar a sobrecarga e conhecimentos sobre prestação de cuidados dos mesmos, promovendo a saúde e a sua capacitação. Esta temática emergiu de uma necessidade sentida pela UCC Amarante, durante a primeira vaga da pandemia da COVID-19, visando dar um apoio mais efetivo aos PIC. Objetivo: Apresentar as fases da metodologia do PS desde o Diagnóstico de Situação (DS) até à avaliação das intervenções e refletir sobre as competências desenvolvidas durante o estágio. Metodologia: Aplicou-se a metodologia do PS. Para a realização do DS e da avaliação final foi realizado um estudo quase-experimental de grupo único, longitudinal e de abordagem quantitativa, numa amostra de 30 PIC de pessoas dependentes admitidas na Equipa de Cuidados Continuados Integrados (ECCI), da UCC Amarante, no período de 1 a 30 abril de 2021. Na recolha de dados foi utilizado um formulário, que foi aplicado aos PIC pela investigadora. O tratamento de dados foi efetuado através do Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), tendo sido utilizada a estatística descritiva com o cálculo de frequências absolutas e relativas, medidas de tendência central e respetivas medidas de dispersão e a estatística inferencial, na qual foram aplicados os testes t Student, Quiquadrado, Mann-Whitney, Kruskall-Wallis e Wilcoxon, sendo estabelecido o nível de significância de 5%. Resultados: Do total da amostra (n= 30), a maioria dos PIC era do sexo feminino (96,7%), pertencia ao grupo etário dos 45 aos 64 anos (56,7%), era casada(o) (86,7%), detinha escolaridade (73,3%), possuía uma situação profissional de doméstica/desempregada (56,7%), detinha o grau de parentesco com o dependente de cônjuge (43,3%), prestava cuidados mais que 12h por dia ao dependente (83,3%), possuía apoio domiciliário de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), misericórdia ou outra instituição (70%) e coabitava com o dependente (83,3%). A maioria dos dependentes era do sexo masculino (56,7%), pertencia ao grupo etário dos 65 aos 84 anos (53,3%), era casada/casado (60%), possuía como habilitações literárias o mesmo percentual com escolaridade (50%) e sem escolaridade (50%) e a maior parte vivia com o cônjuge (40%). A maioria dos PIC apresentava uma sobrecarga intensa (70%). Relativamente ao nível de conhecimentos dos PIC observamos que o maior grupo obteve a classificação de suficiente (40%) destacando-se ainda o facto de um grande grupo ter obtido uma classificação de insuficiente (26,6%). A média das ordens da pontuação dos conhecimentos difere significativamente entre os PIC sem e com escolaridade (MW: p<0,043). Também constatamos diferenças estatísticas altamente significativas, entre a média pontuação da Escala de Zarit após a ação de formação (momento 2) e o momento 1 de DS (t: p<0,000), assim como entre a média da pontuação dos conhecimentos dos PIC no momento 2 e a média da pontuação dos conhecimentos dos PIC no momento 1 (t: p<0,000), sendo que a média da sobrecarga diminuiu e a média da pontuação dos conhecimentos aumentou no momento 2. Conclusão: As intervenções formativas no âmbito da enfermagem comunitária tiveram efeito significativo na diminuição da sobrecarga dos PIC e no aumento dos seus conhecimentos sobre a prestação de cuidados aos dependentes, maximizando os conhecimentos sobre a prestação de cuidados e minimizando os seus níveis de sobrecarga, o que nos permite afirmar que obtivemos ganhos em saúde. Este projeto poderá ter sido um contributo para a melhoria dos cuidados, quer aos PIC, quer aos seus dependentes. O estágio permitiu-nos desenvolver competências especializadas em Enfermagem Comunitária, na área da Enfermagem de Saúde Comunitária e de Saúde pública.
Introduction: This report is related to the Internship and Report Curricular Unit, inserted in the Study Plan of the Master's Course in Community Nursing (MEC), of the Higher School of Health (ESS) of the University of Trás-os-Montes and Alto-Douro (UTAD), held at the Amarante Community Care Unit (UCC) and the Public Health Unit (USP) of the Baixo Tâmega Health Center Group (ACES) from September 2020 to April 2021. During this internship the Health Planning (HP) methodology was applied, and an intervention project was implemented, in which Informal Care Providers (PIC) from the area covered by UCC Amarante participated. The PIC are an extremely important figure in the provision of care to the dependent, making it essential to study the overload and knowledge about providing care for them, promoting health and their empowerment. This theme emerged from a need felt by UCC Amarante, during the first wave of the COVID-19 pandemic, in order to provide more effective support to PICs. Objective: To present the stages of the PS methodology from the Situation Diagnosis (DS) to the evaluation of interventions and reflect on the skills developed during the internship. Methodology: The PS methodology was applied. In order to carry out the SD and the final evaluation, a quasi-experimental study of a single group, longitudinal and with a quantitative approach was carried out in a sample of 30 PIC of dependent people admitted to the Continuous Integrated Care Team (ECCI), at UCC Amarante, in the period from 1 to 30 april 2021. A form was used to collect data, which was applied to the PICs by the researchers. Data processing was performed using the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS), using descriptive statistics with the calculation of absolute and relative frequencies, measures of central tendency and respective measures of dispersion and inferential statistics, in which Student's t, Chi-square, Mann-Whitney, Kruskall-Wallis and Wilcoxon tests were applied, with a significance level of 5%. Results: Of the total sample (n=30), most of the PIC were female (96.7%), belonged to the age group from 45 to 64 years old (56.7%), were married (86 .7%), had schooling (73.3%), had a professional domestic/unemployed status (56.7%), had a degree of kinship with the dependent spouse (43.3%), provided care more than 12 hours a day to the dependent (83.3%), had home support from a Private Social Solidarity Institution (IPSS), mercy or another institution (70%) and lived with the dependent (83.3%). Most of the dependents were male (56.7%), belonged to the age group from 65 to 84 years old (53.3%), were married/married (60%), had the same percentage of schooling as educational qualifications (50%) and without schooling (50%) and most of them lived with their spouse (40%). The majority of PIC presented an intense overload (70%). Regarding the level of knowledge of the PICs, we observed that the largest group obtained the classification of sufficient (40%) and the fact that a large group obtained a classification of insufficient (26.6%) should also be highlighted. The knowledge rank mean score differs significantly between PIC with and without schooling (MW: p<0.043). We also found highly significant statistical differences between the Zarit Scale mean score after the training action (moment 2) and DS time 1 (t: p<0.000), as well as between the mean of the PIC's knowledge score at the moment 2 and the mean of the PIC knowledge score at moment 1 (t: p<0.000), with the mean overload score decreasing and the mean knowledge score increasing at time 2. Conclusion: Training interventions within the scope of community nursing had a significant effect on reducing the burden of PICs and increasing their knowledge about the provision of care to dependents, maximizing knowledge about the provision of care and minimizing their levels of burden, which allows us to say that we have achieved health gains. This project may have contributed to the improvement of care, both for PIC and their dependents. The internship allowed us to develop specialized skills in Community Nursing, in the area of Community Health Nursing and Public Health.
Descrição
Este trabalho foi expressamente elaborado como Estágio e Relatório original para efeito de obtenção de grau de Mestre em Enfermagem Comunitária, sendo apresentada na Universidade De Trás-os-Montes e Alto Douro
Palavras-chave
Cuidadores , Carga de trabalho
Citação