O ensino e a aprendizagem em Educação Física: a influência de três estratégias de ensino diferenciadas na aquisição motora e na retenção de habilidades técnicas na modalidade voleibol

Data
2016-01-14
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente estudo, teve como propósito descrever, ao nível do processo E-A em Educação Física, os efeitos no domínio da aprendizagem motora e cognitiva, de três habilidades motoras na modalidade voleibol, quando conduzidas por três estilos de ensino diferentes, avaliando no âmbito da retenção, o perfil das possíveis mudanças nos alunos a médio prazo, consoante os estilos adotados, procurando-se relativamente ao espectro dos estilos de ensino, avaliar e analisar os comportamentos do professor e aluno, observáveis durante a interação pedagógica, como o perfil das intervenções pedagógicas do professor, a análise multidimensional da instrução e feedback e, as relativas ao aluno, alusivas à aplicação do sistema de observação. Como metodologia, adotamos as carateristicas de uma unidade experimental de ensino, sendo a amostra constituida por dois professores de Educação Física e 130 alunos, distribuidos por seis turmas, tendo cada professor lecionado 8 aulas da unidade de ensino de voleibol, segundo um único estilo por turma, tendo-se selecionado três aulas para efeitos de recolha de dados. Os resultados, evidenciam que a ação dos professores, priveligiou as categorias “instrução”, “feedback”, “organização dos alunos” e, “observação da atividade motora”, tendo o estilo inclusivo registado valores mais elevados nas categorias “instrução” e “organização dos alunos”, o estilo tarefa, nas categorias “feedback”, “organização dos alunos”, “observação da atividade motora” e o estilo recíproco, nas categorias “intervenções verbais dos alunos”, “intervenções sobre as funções” e “intervenções sobre os conteúdos”, verificando-se que o professor A registou percentagens mais elevadas nas categorias “instrução”, “feedback” e “organização dos alunos” e, o professor B, na categoria “observação da atividade motora”. No estilo recíproco, as percentagens foram mais elevadas no professor A, nas categorias “intervenções verbais dos alunos” e “intervenções sobre os conteúdos” e, o professor B, na categoria “intervenções sobre as funções”. Na função instrução, o maior número de ocorrências, unidades de informação e duração, registou-se professor A, na dimensão finalidade, na categoria “comunicar a técnica simples”, na dimensão forma, na categoria “misto” e, no tipo de mensagem, a categoria “concisa”. Na função feedback, emitido pelo professor, o maior registo de ocorrências verificou-se na dimensão objetivo, na categoria “prescrição simples positiva”, na dimensão forma, na categoria “auditiva” e, na dimensão direção, na categoria “individual”, com maior predomínio no professor A nos estilos tarefa e inclusivo, tendo o primeiro, registado a maior a taxa de intervenção de feedback. Os resultados obtidos no domínio do feedback emitido pelo(s) aluno(s), foram semelhantes aos alunos em que a unidade de ensino de voleibol foi lecionado pelo professor B, registando o maior número de ocorrências e unidades de informação. Os alunos, revelaram melhores “scores” no pós-teste, registando o professor A, a maior média de progressão e, o maior e o menor registo médio de respostas erradas no pré-teste no estilo recíproco e inclusivo e, o maior registo médio de respostas erradas, no pós-teste, no estilo recíproco, resultados idênticos relativamente ao maior registo médio de erros de execução no pré-teste e no pós-teste, para os mesmos estilos de ensino. O menor registo médio de respostas erradas verificou-se no professor B, no estilo tarefa, tendo-se expandido aos restantes estilos de ensino, aquando do pré-teste e pós-teste. Em termos de retenção cognitiva, o professor B registou a maior média de progressão, no estilo inclusivo e, o professor A, nos estilos recíproco e tarefa. No domínio motor, as turmas inerentes aos estilos tarefa e recíproco registaram os melhores “scores”, no pós-pós-teste e as turmas inerentes ao estilo inclusivo e, os os piores “scores”, no pós-pós-teste. Relativamente ao perfil geral da participação na tarefa/habilidade critério, os alunos sob a responsabilidade do professor B, obtiveram percentagens superiores, nos três estilos, nas categorias “atividade motora específica parcial e global”, enquanto os alunos do professor A, registaram-nos na “categoria atenção ao feedback”, “atenção à instrução”. O maior registo de ocorrências ocorreu no estilo tarefa e inclusivo, na categoria “atividade motora específica parcial” e, o maior diferencial de duração, no âmbito do estilo recíproco.
This study aimed to describe the level of the E-A process in physical education, the effects in the field of motor and cognitive learning, three motor skills in volleyball mode when conducted by three different teaching styles, evaluating within the retention the profile of possible changes in students over the medium term, depending on the styles adopted, seeking to respect the spectrum of teaching styles, evaluate and analyze the behavior of the teacher and student, observed during the pedagogical interaction, such as the profile of the pedagogical interventions teacher, multidimensional analysis of instruction and feedback, and those relating to the student, alluding to the implementation of the observation system. The methodology adopted the characteristics of a teaching experimental unit, and the sample consists of two physical education teachers and 130 students, distributed in six groups, each teacher taught eight classes of volleyball teaching unit, according to a unique style by class, having selected three classes for the purpose of data collection. The results show that the action of teachers, favored categories such as "education", "feedback", "organization of students" and "observation of motor activity", and inclusive style recorded higher values in the "education" and " organization of students, "the task style, in the" feedback "," organization of students "," observation of motor activity "and the reciprocal style, in the" verbal interventions of the students "," interventions on the functions "and" interventions over the contents ", verifying that the teacher A recorded higher percentages in the" education "," feedback "and" organization of the students' and the teacher B in the category "observation of motor activity." In reciprocal style, the percentages were highest in the teacher A, in the "verbal interventions of students" and "interventions on the contents" and teacher B in the category "interventions on the functions". In education function, the highest number of occurrences, information and time units, there was the teacher A, in order dimension in the category "communicate the simple technique", in extent, in "mixed" category and the type of message , the "concise" category. In the feedback function, issued by the teacher, the greatest event log found in the objective dimension in the category "positive simple prescription", in extent, in the "hearing" and, in the size direction in the category "individual" with the teacher A predominance in the task and inclusive styles, having first registered the largest feedback intervention rate. The results obtained in the field of feedback given by the student (s) were similar to students in the volleyball teaching unit that were taught by Professor B, registering the largest number of events and information units. Students revealed better "scores" at posttest, registering Professor A, progression of the highest average and the highest and the lowest average record of wrong answers in the pretest in mutual and inclusive style, and the highest average registration of wrong answers in the post-test, reciprocal style, identical results with regard to the higher average record of execution errors in the pretest and posttest for the same teaching styles. The lower average record of wrong answers found in the teacher B in task style, having expanded to other teaching styles, during the pre-test and post-test. In terms of cognitive retention, Professor B recorded the highest average progression in style and inclusive, Professor A, in reciprocal styles and task. In the motor domain, the divisions inherent in the task and reciprocal styles recorded the best "scores" in inclusive post-post-test and the inherent style classes and the worst "scores" in the post-post-test. For the general profile of participation in the task / skill criterion, the students under the responsibility of teacher B, obtained higher percentages in three styles, in the "partial and global specific motor activity", while students of Professor A, recorded in in "category attention to feedback", "focus on education." The biggest event log occurred on task and inclusive style, in the "partial specific motor activity" and the most lasting difference, under the reciprocal style.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
Palavras-chave
Educação física , Voleibol , Habilidade motora , Estilos de ensino
Citação