Linking physical activity, sedentary behaviour, sports performance and health: a cluster controlled trial in youth athletes

Data
2023-06-15
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Os adolescentes enfrentam desafios constantes em cumprir com as diretrizes de Atividade Física (AF) da Organização Mundial de Saúde (OMS), com 81% a não respeitarem tais recomendações. Os jovens desportistas também exibem comportamentos sedentários (CS) alarmantes nos períodos de não-treino, o que enfatiza a necessidade de investigar e conceber planos que fomentem hábitos de vida mais saudáveis. Contudo, investigações acerca do seu perfil de AF e CS fora do ambiente desportivo são escassas, o que pode comprometer a otimização da performance desportiva e índices de saúde. De forma a colmatar esta lacuna, esta tese investigou a interação entre: hábitos de AF e CS durante o período de não-treino, rendimento desportivo e qualidade de sono, de jovens futebolistas. Para além disso, explorou a utilização de smartwatches para melhorar os seus hábitos de vida durante períodos de não-treino. Este trabalho expôs que os jovens futebolistas exibem elevados níveis de CS durante o período de não-treino e que nem todos cumprem as diretrizes de AF da OMS. Revelou também a importância de os treinadores identificarem os perfis de AF e CS dos jogadores com o intuito de potenciar o seu rendimento desportivo. Paralelamente, mostrou a importância de otimizar a relação entre os níveis de AF dos períodos de treino e de não-treino para melhorar a qualidade de sono dos jovens desportistas. Este trabalho demonstrou ainda que a utilização de smartwatches, por si só, não é suficiente para modificar os perfis de AF e CS dos jovens futebolistas durante o período de não-treino. Assim, este documento apresenta evidências acerca da necessidade de não circunscrever a análise da performance desportiva e o desenvolvimento dos jovens jogadores, apenas a fatores relacionados com o treino e competição. Incluir novos indicadores, tais como AF e CS durante o período de não-treino, pode melhorar a interpretação de informação que advém da carga de treino, e viabilizar pequenos ajustes que conduzam a uma melhoria no rendimento desportivo e nos índices de saúde dos jogadores. Realça também a importância de monitorizar os hábitos de AF dos jovens futebolistas durante os períodos de treino e de não-treino, pois o treino é somente um entre muitos fatores que influenciam o seu desenvolvimento. Concluindo, as organizações desportivas que se incubem do desporto juvenil devem adotar uma abordagem holística de desenvolvimento dos jovens jogadores, visando uma harmonia entre estilo de vida, rendimento desportivo e saúde.
Adolescents face increasing challenges in meeting the World Health Organization’s (WHO) recommendations for physical activity (PA), with 81% not meeting these guidelines. Even professional and youth football players exhibit alarming sedentary behaviour (SB) outside of structured football training, emphasizing the need for research and intervention programs to ensure optimal behaviour during the off-training time. However, there is limited research on PA and SB during off-training, which can compromise the sports monitoring process and impair the optimization of performance and health. To address this gap, this thesis investigated the interactive nature of young football players’ off-training PA and SB lifestyle, training performance, and sleep quality. It also explored the potential use of wearable wristbands to manage players’ off-training habits. This thesis revealed that adolescent football players exhibit alarming levels of SB during the off-training time and that not all players achieve the recommended PA guidelines outlined by the WHO. Furthermore, our research demonstrated that understanding players’ PA and SB profiles is essential for coaches to optimize sports performance. We also found that optimizing the interaction between training and off-training time is critical to improving young players’ sleep quality and ensuring they get the restorative sleep they need to perform at their best on and off the field. In addition, this thesis showed that wearable wristbands alone are not sufficient to alter youth players’ off-training profiles. Thus, this thesis presents compelling arguments for expanding the scope of factors that contribute to sports performance and development in young players beyond solely training and competition events. Incorporating additional indicators such as off-training PA and SB can improve the accuracy of training load (TL) data and allow for appropriate adjustments to ultimately enhance players’ sports performance and health. Furthermore, this thesis highlights the critical importance of monitoring youth players’ PA levels that are indirectly related to training, as football training is only one of many factors that influence young players’ development. Therefore, youth sports organizations should adopt a holistic approach to young players’ development, targeting an appropriate balance between lifestyle, performance, and health.
Descrição
Tese de Doutoramento em Ciências do Desporto
Palavras-chave
Estilos de vida , Qualidade de sono
Citação