Cirurgia de tecidos moles em animais de companhia: cirurgia de narinas, fossas nasais e seios paranasais

Data
2016-04-04
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A cavidade e seios nasais são estruturas de elevada importância na sobrevivência de um organismo vivo. Quando são afetados por lesões, ficam comprometidas funções como a da respiração, da preensão de alimentos e do olfato. Das diversas doenças que atingem a cavidade nasal, algumas delas têm tratamento exclusivamente médico, como as rinites bacterianas ou alérgicas, outras têm tratamento exclusivamente cirúrgico como a rinite por corpo estranho, os pólipos nasofaríngeos, a estenose nasal e as fendas nasolabiais. Outras podem ser tratadas médica ou cirurgicamente, sendo que esta escolha feita pelo clínico que se deve basear na literatura mais recente, na sua experiência e nos resultados dos meios complementares de diagnóstico. Entre os vários métodos usados destacam-se os imagiológicos (em casos de malformações, neoplasias e infeção micótica), cultura de fungos, rinoscopia quando se suspeita de rinite por corpo estranho ou da presença de pólipos nasofaríngeos e análise histopatológica no caso das neoplasias. Em rinites por corpo estranho o tratamento ideal é a remoção controlada destes com recurso a visualização endoscópica. Ainda assim, há situações em que apenas são necessários flushing’s nasais para os eliminar. Os pólipos nasofaríngeos removem-se da mesma forma que os corpos estranhos ou, no caso da sua localização o impedir, deve ser feito acesso à nasofaringe através do palato, efectuando uma trepanação do mesmo. Para a rinite e sinusite micóticas existem vários tratamentos médicos com fungicidas sistémicos. As várias abordagens cirúrgicas são a endoscópica, a realização de rinotomia dorsal e a trepanação dos seios. Todas elas são acompanhadas por lavagens ou aplicação de soluções antifúngicas. Há várias técnicas de resolução da estenose nasal: alapexia, amputação de narinas, remoção de parte das narinas. As fendas nasolabiais implicam remodelação adequada do plano nasal a cada caso em particular. Tumores do plano nasal podem ser excisionados realizando planetomias adequadas a cada caso que podem ou não implicar remodelação de todo o plano nasal e lábio superior. Tumores da cavidade nasal podem ser removidos por rinotomia dorsal (tal como os tumores dos seios paranasais), rinotomia ventral ou elevação do septo nasal externo. Em qualquer cirurgia das anteriormente descritas deve ter sido tido sempre em conta o resultado funcional e estético expetáveis.
The nose cavity and paranasal sinus are very important for the maintenance of life. When they are affected by illness, fundamental functions like breathing, eating and smelling are compromised. From all the different pathologies that affect the nasal cavity, some of them are treated by medical means exclusively, like bacterian or allergic rhinitis. Others are treated exclusively by surgical means like foreign body rhinitis, nasopharyngeal polyps, stenotic nares or nasolabial clefts. Some of them can be treated with medical or surgical means. This choice is made by the veterinary based on recent literature, his experience and on the results of the complementary exams. Among all of them some are specially important: imagiological results (when there are malformations, neoplasia or mycotic infection), fungal culture, rhinoscopy when foreign bodies or nasopharyngeal polyps may be present and histopathological results when tumors are suspected. The ideal treatment for foreign body rhinitis it’s his controlled removal by endoscopic visualization. There are some cases in which nasal flushing’s can be sufficient. Nasopharyngeal polyps are removed with the same technic except when there location doesn’t allow it. In those cases a hole must be done in the bone, accessing the nasopharinge. There are a lot of medical treatments for mycotic rhinitis and sinusitis with oral fungicides. The different surgical treatments are endoscopyc surgery, dorsal rhynotomy or sinus trepanation. All of them are followed by flushing’s with antifungal solutions. Stenotic nares may be resolved with alapexy, nares amputation or partial removal of the nares. Nasolabial clefs always require nasal planum remodelation. Tumors from the nasal planum should be removed with adequate planectomy which may or may not require remodelation from the nasal planum and upper lip. Tumors from the nasal cavity may be removed by dorsal rhynotomy (as well as paranasal sinus tumors), ventral rhynotomy or elevation from the external nasal sept. In every surgery, functional and aesthetical outcomes must always be considered.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Cavidade nasal , Seios paranasais , Animais de estimação , Exames médicos , Cirurgia
Citação